Consultoria Acadêmica – Prof. Mestre Miguel Ney Monteiro

Clique na imagem e vá para o Curriculo Lattes

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Aonde você estava em 1978? O DJ Henrique Beethoven estava com Karen Young, Hot Shot!

Para ouvir a música, clique no Audio Player abaixo:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Publicado em DJ Henrique Beethoven | Deixe um comentário

TIC domicílios e usuários: oportunidades de negócios

Minha caixa postal vive abarrotada de mensagens de técnicos em informática. Uns xingam, escrevem impropérios, outros querem apenas saber quanto cobrar e qual a “formula mágica” do sucesso.

Apenas uma minoria se importa em descobrir qual o “método & metodologia” usado para uma boa prestação profissional de serviços de informática. Uma vantagem é interpretar as milhares de pesquisas que são publicadas diariamente nos principais canais de comunicação de TI.

Uma excelente fonte de Inteligência para técnicos de informática são os dados da pesquisa TIC DOMICÍLIOS E USUÁRIOS. Para grande parte dos técnicos de manutenção de hardware a pesquisa não passa de um amontoado de números, mas para os CDINFOrs – consultores domésticos em informática são grandes oportunidades de novos serviços. Qualquer informação é melhor do que nenhuma. [Saiba mais]

Publicado em Doutor Computador | Deixe um comentário

Palestra “Crime virtual, castigo real: protegendo-se das ameaças digitais”

A Escola de Informática e Cidadania do Tribunal de Contas da União (EIC-TCU) parceira do Comitê de Democratização da Informática (CDI) convida para a exclusiva palestra-reportagem Crime virtual, castigo real: protegendo-se das ameaças digitais, ministrada pelo jornalista especializado em tecnologia da informação e educador, Luiz Henrique Quemel Crime virtual, castigo realPergunte ao Doutor Computador!
Saiba escolher o melhor conjunto de programas de segurança digital para proteger seus dados e privacidade na internet. Descubra como os bandidos cibernéticos invadem seu computador. Serão sorteados entre os participantes 2 (duas) cópias dos melhores programas antivírus disponíveis no mercado.

No evento será apresentada a campanha “Adote um(a) educando(a)”. Haverá sorteio de um exemplar da coleção do material didático usado em sala de aula. A palestra será aberta ao público externo.

Local: Auditório no Anexo III no Tribunal de Contas da União (TCU)
Segunda feira, 22/01 – 14h às 15h30

Publicado em Doutor Computador | Deixe um comentário

Bom final de semana!

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

[Livro] Leonardo Da Vinci – A alma de um gênio

“Escrever sobre Leonardo Da Vinci é um desafio ousado e complexo. Entretanto, mais compensador é conhecer em profundidade os acontecimentos da vida desta figura fantástica e genial que viveu o auge do século XV, marcando definitivamente o fim da Idade Média e o início dos tempos modernos.

Mas por que, até hoje, Leonardo Da Vinci fascina tantas pessoas? Talvez por ter sido um artista completo, um homem culto, que sempre buscou a perfeição em tudo o que sua mente criativa imaginava. Da Vinci era detalhista: do guardanapo ao helicóptero, do parafuso à bicicleta, da caneta ao submarino, suas invenções traziam o toque magistral de um espírito sensível e inteligente, que ensinou o Homem a observar o mundo de maneira crítica e objetiva, não mais baseado em superstições”.

Leonardo Da Vinci – A alma de um gênio é um trabalho de fôlego da escritora Marislei Espíndula Brasileiro. Admiradora eterna de Leonardo da Vinci, Marislei embasou suas pesquisas em obras raras e existentes unicamente na Biblioteca do Vaticano, além de consultar pergaminhos guardados no acervo da Rainha Elizabeth, da Inglaterra, e arquivos de milionários colecionadores franceses. O resultado deste trabalho é um livro emocionante sobre a vida, a obra e o pensamento de Da Vinci, o maior gênio de todos os tempos.

Leonardo Da Vinci foi um modelo de homem da Renascença, mas, acima de tudo, uma prova viva de que a perseverança no bem e o bom uso da inteligência e da sensibilidade não devem ceder às barreiras da ignorância e do fanatismo, tão contrárias à evolução da Humanidade”.
=============================================================
Comentário do QUEMEL: Como a escritora é espírita e tem vários livros publicados, pensei tratar-se de uma obra mediúnica. A obra na verdade é um romance de ficção histórica jornalística. Finalmente descobri o porquê de Leonardo da Vinci não ter se casado. O livro conta que ele conheceu Livia e começou a cortejá-la, mas uma trama diabólica…Êita! Quase conto o final! Leia você é tire suas próprias conclusões! Eu recomendo (:-)

Publicado em Leituras & Cia | 1 Comentário

O que é medíocre?

É viver no meio-termo, se esforçando para fazer tudo como todo mundo faz

Por Max Gehringer


Vamos começar pelo meio. “Meio” é uma palavrinha que surgiu sem muitas ambições há 2000 anos (do latim “medium”, o ponto central). Mas ela cresceu, evoluiu e ganhou aplicações nos mais variados campos da atividade humana. Em alguns casos, já nem reconhecemos mais a palavra original. É o caso de “medalha”, uma antiga moeda dos romanos, que valia meio denário.

Mas há também derivações mais modernas do meio. Por exemplo, a mídia. Ou seja, os diferentes meios de fazer uma mensagem chegar ao consumidor. A palavra latina “media” era a forma plural de “medium”. Mas os americanos, quando a adotaram na publicidade, pronunciaram “media” à inglesa, trocando o som do “e” pelo som do “i”. E nós não apenas copiamos o som, como ainda trocamos a letra na grafia. Evidentemente, como mídia é plural, deveríamos dizer “as mídia”. Mas isso não é recomendável, porque aí seríamos confundidos com “os mano”, que falam “as mina”.

Médium, diretamente do latim, ganhou uma conotação espiritual, o da pessoa capaz de servir como meio de comunicação entre dois mundos, o dos mortos e o dos vivos. O meio também deu origem ao “intermediário”, o que se coloca entre duas situações para tentar resolvê-las. No campo das ciências, a matemática criou a média, a geometria criou a mediana, e os botequins criaram a média de café com leite. [Baixe aqui o artigo integral]

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

[Livro] Infoproletários – Degradação do trabalho virtual

“Infoproletários evidencia a associação oculta entre o uso de novas tecnologias e a imposição de condições de trabalho do século XIX em um dos setores considerados como mais dinâmicos da economia moderna, o informacional. Ao contrário do que é prometido pelos entusiastas deste novo segmento, os trabalhadores vivenciam uma tendência crescente de alienação do trabalho em escala global. A obra reúne uma série de ensaios que esquadrinham diferentes aspectos da rotina e do modo de vida daqueles que, apesar de frequentemente arruinarem suas vozes ao transformá-las em poderosos instrumentos de acumulação de capital, raramente são ouvidos.

A classe trabalhadora é retratada neste livro em duas representações polarizadas. De um lado, aparecem os operadores de telemarketing. Globalizados em sua relação social, totalizados em sua subordinação, monitorados em cada um de seus movimentos, punidos por cada infração às regras, resumem e simbolizam os novos trabalhadores atrelados ao resplandecente, porém inatingível, mundo do consumo. Sua imaginação é totalmente circunscrita e dirigida pelo capitalismo.

Já em outro extremo estão os aristocratas do cibertrabalho, os programadores de software, gabando-se e desfrutando de sua autonomia enquanto se movem em espiral pelo espaço e pelo tempo. Eles não são menos prisioneiros da própria individualidade, intoxicados por seu ilusório empreendedorismo.

Segundo Michel Burawoy, sociólogo que assina a orelha do livro, ”a obra aponta para a profunda transformação sofrida pela classe trabalhadora e o projeto de movimento internacional operário, ante os parâmetros verificados por Karl Marx em seu tempo. Apenas a articulação entre múltiplas identidades – de gênero, de nacionalidade, de raça, assim como de classe – forjadas em terrenos políticos que transcendam a produção imediata lhes permitirá se rebelar contra o mercado e desafiar o capital global – mas, mesmo assim, apenas em um grau limitado e de uma forma fragmentária. Essa é certamente a mensagem deste livro – que revela a experiência cotidiana vivida por essa nova classe trabalhadora globalizada ligada aos serviços”.

Publicado em Carreiras Digitais & Cia, Leituras & Cia | Com a tag | 1 Comentário

O barato sai caro

Um dia de calor intenso, o sr. Finkelstein entrou numa loja para comprar um leque de abano. Perguntou:
– Que tipo de leques você tem?
– Temos leques de cinco centavos, de vinte centavos e de cinquenta centavos, respondeu o lojista.
– Dê-me então o de cinco centavos, disse o sr. Finkelstein.
– Tudo bem, respondeu o lojista, enquanto lhe passava o fino leque de papel japonês.

Dez minutos mais tarde, o sr. Finkelstein estava de volta.
– Veja que porcaria você me vendeu, esbravejou. – Já quebrou!
– Quebrou? Espantou-se o lojista. – E como foi que o senhor o usou?
– Como assim, como eu o usei? Como é que se usa um leque? Segurei-o com a mão e o balancei de um lado para o outro diante de meu rosto. Então não é assim?
– Oh, não, explicou o lojista; – Como é um leque de cinco centavos, o senhor tem de prendê-lo firmemente parado e balançar sua cabeça para cima e para baixo diante dele.

Fonte: Histórias para incendiar a alma. Otávio Leal. Ed. Alfabeto.

Publicado em consomeDOR | Deixe um comentário

O custo de um cliente

Após cruzar informações do Sistema de Inteligência CDINFO com outras bases de dados, obtive o seguinte informe:

Conquistar um cliente: R$ 50 – 100

Reter um cliente: R$ 10

Reconquistar: R$ 500 – R$ 1000

Uma breve análise indica que grande parte dos técnicos que atendem em domicílio deveriam privilegiar a manutenção dos bons clientes e restringir ao máximo o acesso de potenciais usuários. Uma forma seria criar um programa de fidelidade e benefícios que premiassem aqueles que indicassem bons clientes. Demitir clientes que não agregam nenhum valor é sinal de (I)nteligência e não acreditar em falácias do tipo: “o cliente sempre tem razão”.

Nos EUA certa loja de departamento entrou na Justiça para ter o direito de não atender duas simpáticas irmãs. O motivo? Entravam na loja, experimentavam dezenas de roupas, inclusive peças íntimas e…não compravam nada. Prática contumaz e sistemática. O cliente nem sempre tem razão.

Publicado em Doutor Computador | 3 Comentários

[5/12] – Salve o Dia Internacional do Voluntário!

Desde 1985, a Organizações das Nações Unidas instituiu o dia 5 de dezembro como Dia Internacional do Voluntário. O objetivo da ONU é fazer com que, ao redor do mundo, sejam promovidas ações de voluntariado em todas as esferas da sociedade.

Os voluntários são pessoas ou grupos que, sem remuneração, ajudam a melhorar a qualidade de vida do planeta. Dedicam parte de sua vida para ajudar a resolver os problemas de sua região, indivíduos que se sensibilizam com comas causas sociais e estão dispostos a dar alegria, carinho e amor para quem está precisando apenas sorrir.

No Brasil, já existem diversas iniciativas em favor do desenvolvimento de práticas de voluntariado. É fundamental que cada voluntário saiba que, como ele, há milhões de pessoas no mundo dando a sua própria contribuição. Conheça o CEFAK!

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

[Livro] Voluntários – Jader Sampaio

Livro Voluntários O que motiva os voluntários espíritas brasileiros? Esta é a questão central do livro-tese “Voluntários”, escrito por Jáder Sampaio.

Observou-se uma creche espírita em Minas Gerais em funcionamento há mais de vinte anos que permitiu o entendimento da cultura da organização e um mapeamento exploratório da história e padrões de motivação dos voluntários. Os trabalhadores voluntários valorizam as relações afetivas, a realização e a possibilidade de agir de acordo com os princípios espíritas. Contudo, nem tudo são flores, e eles também narram os sofrimentos associados ao voluntariado e como aprenderam a lidar com ele.

Livro: Voluntários: um estudo sobre a motivação de pessoas e a cultura em uma organização de terceiro setor
Coleção: Espiritismo na Universidade
Editoras: UNIFRAN e EME
Apoio: FAPEMIG
Distribuição: CCDPE-ECM
248 páginas
R$ 28,00
1ª. Edição (quase esgotada)

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

Como dar novos títulos a antigas profissões

Novos nomes de profissões Com certeza você já deve ter ouvido falar em algumas profissões com nomes bem diferentes, e quando você vai ver não se trata nada mais do que uma profissão comum que você vê no dia a dia. As pessoas estão usando essa técnica, se é que podemos dizer assim, de dar novos títulos a antigas profissões para dar uma espécie de upgrade no currículo, já que muita gente pensa ser uma nova profissão, quando na verdade trata-se das velhas profissões, mas com nomes mais sofisticados, digamos assim.
Veja então como dar novos títulos a antigas profissões que já conhecemos, como:

Se você é o moço do xerox, pode dizer a partir de agora que é o Técnico Especialista em Material Impresso.

Se você é faxineiro pode usar o termo Técnico em Bem Estar, Higiene e Saúde.

Já se você é porteiro, quer dizer que também é um Oficial Coordenador de Movimentação Interna e Externa.

Para quem é motorista de ônibus pode falar também que é um Distribuidor de Recursos Humanos.

O motorista de táxi é um Distribuidor de Recursos Humanos VIP.

O frentista é um Especialista em Logística de Energia Combustível.

O pedreiro é um Auxiliar de Serviços de Engenharia Civil.

Aquele distribuidor de planfletos das esquinas também pode ser chamado de Técnico de Marketing Direcionado.

O garçom é um Especialista em Logística de Alimentos.

O camelô é um Técnico em Vendas de Produtos Alternativos de Alta Rotatividade.

O gari é também um Técnico Saneador de Vias Públicas.

O flanelinha é um Vallet Profissional Autônomo.

O lanterninha é um Perscrutador de Assentos.

O office boy é um Técnico Júnior em Atividades Diversificadas.

O coveiro é um Assessor Para Assuntos Póstumos.

O cobrador de van é um Gerente Contábil de Transporte Público Contingenciado.

Essa é uma maneira de deixar as profissões com nomes mais elaborados, mas isso não quer dizer que nenhuma delas não seja digna de respeito independente do nome que tenham, pois desde que praticadas com responsabilidade e honestidade todas merecem muito respeito, já que todas são fundamentais para o bem estar da população.

Publicado em Carreiras Digitais & Cia | 1 Comentário

Queime o CD, não seu filme

Luiz Henrique Quemel
Especial para o Correio Braziliense

“Na hora de comprar uma mídia gravável (seja CD ou DVD), o que importa não é a cor nem a marca. Saiba como escolher um produto de qualidade para armazenar com segurança dados, músicas e softwares”. [Pág.01] [Pág.02]

(Comentário do foca QUEMEL: Essa foi minha primeira matéria de capa. Enquanto um jornalista experiente leva em média sete dias para compor uma reportagem, f.o.c.a. Quemel levou 90 dias. E o medo e angústia de quem está começando a escrever para um grande jornal? Na véspera da publicação fiquei sem dormir esperando a matéria entrar (madrugada) no site. A 1ª matéria assinada ninguém esquece. Após a publicação, meu chefe disse: “[…] está de parabéns!” A matéria continua válida, pois bastar aplicar o programa DVDIdentifier para descobrir quem é o fabricante do DVD e assim saber se é de boa qualidade.)

Publicado em F.O.C.A. | Deixe um comentário

[Carta a um jovem técnico de informática] Anúncio nos classificados

Caro colega de ofício, salve!

Você me enviou um e-mail perguntando sobre o porquê do seu anúncio nos classificados do jornal de domingo não ter recebido sequer uma única ligação.

Li o original que vosmecê me enviou e decerto alguém no departamento de classificados gosta muito de você, pois os erros de ortografia foram todos corrigidos.

Peço sua permissão para postar aqui seu anúncio e analisá-lo.

ASSISTÊNCIA TÉCNICA resolvo qualquer poblema no computador. Conf micros, redes, adsl, Win original R$ 30 não cobramos vizitas. Atendimento ao domicílio 24h. Tr. 9999 9999

Acho arriscado no texto uma afirmação tão abrangente, ampla, geral e irrestrita, mas fora da realidade de qualquer profissional. “Qualquer problema” significa inclusive solucionar os problemas de travamento do Windows.

Gostaria de saber qual a sua mágica para oferecer um sistema operacional por R$ 30. A versão mais barata do Windows (Starter Edition) custa cerca de R$ 90 na revenda. Continue lendo

Publicado em Cartas | 1 Comentário

Microsoft Mathematics para os educandos da EIC

Microsoft Mathematics O Microsoft Mathematics oferece uma calculadora gráfica capaz de plotar em 2D e 3D, soluções passo a passo de equações e ferramentas úteis para ajudar alunos em estudos de matemática e ciências.

O Microsoft Mathematics oferece um conjunto de ferramentas matemáticas que ajudam estudantes a concluírem seus trabalhos acadêmicos de forma rápida e fácil. Com o Microsoft Mathematics, os estudantes podem aprender a solucionar equações passo a passo ao obter uma melhor compreensão sobre conceitos fundamentais de pré-álgebra, álgebra, trigonometria, física, química e cálculo.

O Microsoft Mathematics inclui uma calculadora gráfica com recursos completos projetada para trabalhar como uma calculadora de mão. Ferramentas matemáticas adicionais o ajudam a avaliar triângulos, converter sistemas de unidades e solucionar sistemas de equações. Faça o download aqui!

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

[Livro] Seu cliente pode pagar mais

“Existe uma doença no mercado chamada guerra de preços.

O livro Seu Cliente Pode Pagar mais vai vacinar você contra esse vírus. Se você cansou de ser pressionado para dar descontos, vai descobrir uma maneira muito melhor de negociar. Seu Cliente pode Pagar Mais revela como você pode conseguir margens de lucro saudáveis sem ter de operar na “corda bamba”.

Seus clientes ficarão confortáveis em pagar mais por seus produtos ou serviços desde que você ofereça mais valor para eles. Demonstre que preço não é a questão principal. Valorize o que você faz”. [Leia mais]

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

Meu ideal seria escrever…

“Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta quando lesse minha história no jornal risse, risse tanto que chegasse a chorar e dissesse — “ai meu Deus, que história mais engraçada!”. E então a contasse para a cozinheira e telefonasse para duas ou três amigas para contar a história; e todos a quem ela contasse rissem muito e ficassem alegremente espantados de vê-la tão alegre. Ah, que minha história fosse como um raio de sol, irresistivelmente louro, quente, vivo, em sua vida de moça reclusa, enlutada, doente. Que ela mesma ficasse admirada ouvindo o próprio riso, e depois repetisse para si própria — “mas essa história é mesmo muito engraçada!”.

Que um casal que estivesse em casa mal-humorado, o marido bastante aborrecido com a mulher, a mulher bastante irritada com o marido, que esse casal também fosse atingido pela minha história. O marido a leria e começaria a rir, o que aumentaria a irritação da mulher. Mas depois que esta, apesar de sua má vontade, tomasse conhecimento da história, ela também risse muito, e ficassem os dois rindo sem poder olhar um para o outro sem rir mais; e que um, ouvindo aquele riso do outro, se lembrasse do alegre tempo de namoro, e reencontrassem os dois a alegria perdida de estarem juntos. Continue lendo

Publicado em Leituras & Cia | 2 Comentários

Maquiagem de currículo? Temos professor no assunto!

Em março de 2012 publiquei um post denominado “O mistério da edição nº 752 da Revista Exame“.

Fiquei curioso porque guardará na memória uma matéria sobre maquiagem de currículo. Desde então buscava informações com as fontes, personagens e demais envolvidos.

Hoje fui informado que o mistério da edição nº 752 da revista Exame finalmente fora resolvido. Confira no link abaixo: Continue lendo

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

Salve o Dia da Bandeira!

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Carta do Quemel ao SENAI-DF

Em 2009 tirei minha licença-capacitação e fui me reciclar no Centro de Tecnologia da Informação (CTI) do SENAI-DF.

Sob a competente batuta do professor Glauco, fiz um curso de 180 horas em Web designer. Era divertido contar com colegas em tenra idade. O mais “velho” tinha 20 anos.

Por problemas de saúde, o professor Adalberto teria que se ausentar por algumas semanas do curso de Montagem e Configuração de Computadores. Falei do meu desejo de retornar à sala de aula como instrutor corporativo, quando o mestre Glauco nos corredores veio ter comigo e eufórico disse-me:

– Quemel, precisamos de um instrutor para o curso à noite. Era terça feira e o pôr do sol começava a dar os primeiros sinais. Continue lendo

Publicado em Cartas | Deixe um comentário

15 de Novembro – Dia da Proclamação da República!

15-novembro-2014_exercito

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Notebook Positivo Unique S1991? Não recomendo a compra!

consomeDOREssa máquina chegou recentemente ao laboratório para resolver problemas de lentidão. Estava carregando diversos programas que são oferecidos de forma gratuita, mas depois ficavam dando mensagens baseadas na pedagogia do terror: seu sistema está infectado, compre o nosso antivírus, etc.

Removido os programas mesmo assim a lentidão em abrir os programas inclusive na internet (10 mega – Oi Velox) continuava.

Fui investigar o hardware. É o pior possível: processador Intel Celeron de 1.5Ghz, memória de 2GB, mas utilizável apenas 1.4GB em função de não ter placa de vídeo. Essa é a primeira vez que conheço um notebook com apenas 3 células de baterias, onde o mínimo seriam 4 células. Como forma de ludibriar o usuário neófito acompanha um óculos 3D dando a impressão que a máquina ordinária pode oferecer suporte satisfatório à tecnologia.

Para completar o desespero do usuário roda o Windows 8.1 de 64 bits. Nem aumentando a memória virtual (swapfile) para 8GB o problema da lentidão foi resolvido. E o pior é a montagem física do notebook: contém apenas um slot de memória o que impede a adição de outro pente de memória ram. O hd é montado apenas com quatro parafusos e a bateria é fixa no interior do gabinete. Se você instalar qualquer antivirus e a morte do notebook está decretada pela lentidão.

Para se ter uma performance satifastória o ideal seria uma máquina com processador Intel Core I3, 6GB de Ram, hd de 500GB, bateria de 4 celulas, tela de 14″ e unidade de DVD-RAM.

Numa pesquisa rápida pela internet pude localizar várias reclamações. A primeira é bem interessante. Portanto, equipamentos Positivo estão proibidos no laboratório do Doutor Computador. Não valêm a pena.

Reclamação contra lentidão travamento do Notebook Positivo Unique S1991

HD não presta: notebook Positivo Unique S1991

Notebook Positivo S1991: Novo problema – Tela LCD

Comprou dois notebooks Positivo Unique S1991 – Dois defeitos diferentes

Reclame Aqui: 73 reclamações contra o notebook Positivo Unique S1999

Publicado em consomeDOR, Doutor Computador | 39 Comentários

Livro: A Cabeça bem-feita, de Edgar Morin

A cabeça bem feitaRepensar a reforma
Reformar o pensamento

Este livro é dirigido a todos, mas poderia ajudar particularmente professores e alunos. Gostaria de que estes últimos, se tiverem acesso a este livro, e se o ensino os entedia, desanima, deprime ou aborrece, pudessem utilizar meus capítulos para assumir sua própria educação.
Edgar Morin.

Sinopse. Reformar o pensamento para reformar o ensino e reformar o ensino para reformar o pensamento é o que preconiza Edgar Morin. Na linha da reforma do pensamento, ele propõe os princípios que permitiriam seguir a indicação de Pascal- ‘Considero impossível conhecer as partes sem conhecer o todo, tanto quanto conhecer o todo sem conhecer, particularmente, as partes…’. Esses princípios levam o pensamento para além de um conhecimento fragmentado que, por tornar invisíveis as interações entre um todo e suas partes, anula o complexo e oculta os problemas essenciais; levam, igualmente, para além de um conhecimento que, por ver apenas globalidades, perde o contato com o particular, o singular e o concreto. Eles permitem remediar a funesta desunião entre o pensamento científico- que desassocia os conhecimentos e não reflete sobre o destino humano- e o pensamento humanista- que ignora as conquistas das ciências, enquanto alimenta suas interrogações sobre o mundo e sobre a vida.
===============================================================
(Comentário do QUEMEL: a recomendação de Morin (em itálico) dispensa quaisquer comentários. Ainda sim, recomendo uma leitura atenta ao capítulo 5 – ENFRENTAR A INCERTEZA (Aprendendo a viver, continuação). Cada vez mais os jovens estão perdidos em relação à escolha profissional. Estão paralisados frente às inumeras opções, principalmente as profissões (glamourizadas) relacionadas com Informática e Computação.

Certo jovem chegou ao cúmulo de justificar sua indecisão devido ao fato que de nada adiantaria aprender PHP 5, se essa linguagem de programação estaria defasada em alguns anos. Pode até ser, mas ter aprendido Fortran77 na década de 1980 na UFPA (DeckSystem 1091 – Digital) e dBASEIII na década de 1990 no SENAC, facilitou em muito minha breve carreira como programador Clipper (1990 a 1994) e depois na passagem para o SGBD MS-Access 2.0. Com uma sólida formação em lógica e algoritimo não foi difícil migrar para a área de redes de computadores (tanto infra-estrutura como servidores.)

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

124 anos do Tribunal de Contas da União (TCU)

TCU

Hoje é 7 de novembro, dia muito festejado pelos tribunais de contas brasileiros, pois foi nesta data, em 1890, que “nasceu” o Tribunal de Contas da União, a partir do Decreto 966-A, de autoria do grande jurista Ruy Barbosa, assinado por ele e pelo primeiro presidente da República, Marechal Deodoro da Fonseca.

Órgão de competência reconhecida nacional e internacionalmente, o TCU, como se sabe, foi eleito, este ano, a melhor instituição pública para se trabalhar, segundo pesquisa publicada pela revista Você S/A.

Parafraseando, com total respeito, o ministro-presidente Augusto Nardes, que tão bem declarou, ao final da solenidade de entrega do Grande-Colar do Mérito do TCU: “O maior capital de uma nação não são suas riquezas materiais, mas a capacidade e a qualidade de sua gente”, entendo que Tribunal de Contas da União não é o prédio cheio de “quadradinhos” brancos em sua fachada, como que a se referir ao esquadrinhamento regular e minucioso das contas prestadas (ou não) pelos responsáveis pelo uso de recursos públicos federais. O verdadeiro Tribunal é, sim, o conjunto das pessoas que o compõem, sejam autoridades, sejam servidores, ou mesmo os demais colaboradores, todos empenhados, comprometidos com a Nação brasileira, atuando em benefício da sociedade, que, por sua vez, também se compõe de pessoas.

Ou seja, quanto mais a Instituição valoriza gente, a gente valoriza a Instituição.

O TCU está percorrendo com esmero este caminho. E, mesmo ainda tendo muito chão na trilha do aperfeiçoamento, já é, de fato, uma instituição na qual sentimos muita satisfação de trabalhar e da qual temos grande orgulho de pertencer.

Feliz 124 anos, TCU!

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

[Livro] O Fim da Espionagem – Espionagem e o Poder do Estado na Era da Informação

End of espionage bookThe End of Intelligence: Espionage and State Power in the Information Age – August 20, 2014 por David Tucker (Author)

Usando espionagem como um caso de teste, “The End of Intelligence” critica afirmações de que a recente revolução da informação enfraqueceu o Estado, revolucionou a guerra, e mudou o equilíbrio de poder entre os Estados e atores não-estatais e, avalia o potencial para nós percebermos quaisquer esperanças que nós poderíamos ter para reformar a inteligência e a espionagem.

Examinando espionagem, contra-espionagem e ação encoberta, o livro argumenta que, ao contrário de visões predominantes, a revolução da informação está aumentando o poder dos Estados em relação a atores não-estatais e ameaçando a privacidade mais do que o sigilo. Argumentando que as organizações de inteligência podem ser consideradas como as organizações paradigmáticas da era da informação, o autor David Tucker mostra os limites da coleta e análise de informações, mesmo nessas organizações, em que as falhas no ponto de auto-conhecimento a limites mais amplos sobre o conhecimento humano, mesmo em nossa suposta era de transparência. Ele argumenta que, neste contexto complexo, tanto o julgamento intuitivo quanto a moralidade permanecem tão importantes como sempre e desvalorizado por aqueles que defendem os efeitos transformadores de informação.

Este livro vai desafiar o que nós pensamos que sabemos sobre o poder da informação e do Estado, e sobre a provável destino do sigilo e da privacidade no século XXI.

Publicado em Leituras & Cia | Com a tag | Deixe um comentário

Meu sobrinho faz mais barato

Falta de experiência e técnica comprometem a qualidade do serviço

por Eloi Zanetti*

Em todo trabalho de web, vídeo, design, criação gráfica, logotipos ou propaganda, na hora dos orçamentos, sempre aparece alguém e diz a fatídica frase: – “eu tenho um sobrinho que faz mais barato.” A área da comunicação está infestada de sobrinhos carregados de boas intenções, que fazem trabalhos baratinhos, nada profissionais e que, na maioria das vezes, precisam ser refeitos por quem realmente entende do assunto.

Recentemente um publicitário amigo passou por um mau pedaço porque o sobrinho do anunciante “era um gênio da música” e o rapaz quis ajudar na elaboração de um jingle, onde se usava o jazz, e este, por pouco, não fosse a intervenção do meu amigo, teria virado um autêntico samba do crioulo doido.

O uso dessa fantástica ferramenta chamada computador tornou fácil para qualquer um que saiba apertar teclas e descobrir recursos, adquirir quase que por magia, sem nenhum esforço, “o dom da genialidade”. São milhares de efeitos bonitinhos, pero ordinários, na mão de quem não sabe usá-los corretamente. É a repetição da famosa cena do Mickey no filme Fantasia, quando ele se embaralha com os baldes. Continue lendo

Publicado em Doutor Computador | 3 Comentários

[Livro] Educação, Estágio & Trabalho

Na Sociedade do conhecimento, os autores avaliam a crucial questão do ensino das nossas Universidades Brasileiras

O livro Educação, Estágio & Trabalho de Arnaldo Niskier e Paulo Nathanael aborda uma temática que tem sido pauta de uma das maiores discussões da nossa sociedade do conhecimento: a educação. A discussão gira em torno das duas vertentes educacionais: uma educação para a competitividade e outra para a cidadania. A obra mostra como o ensino superior do Brasil (ainda muito recente) tem de se adequar ao mercado cada vez mais exigente e ainda saber lidar com o despreparo dos alunos oriundos do ensino médio sem uma boa base educacional.

Educação, Estágio & Trabalho está dividido em duas partes. Na primeira parte, Arnaldo Niskier reflete sobre a educação em 10 capítulos e na segunda parte, o escritor Paulo Nathanael explica o que são os programas de estágio como o CIEE e quais os pontos negativos e positivos da educação a distância.

Niskier afirma que o crescimento do ensino superior de massa no Brasil tem demonstrado como a exigência de profissionalização do mercado trabalho é uma das características desse terceiro milênio, que tem como preocupação a inovação e a produtividade. Continue lendo

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

Você cuida bem dos livros?

Ilustração para Biblos: Luciano Thomé.

Por Daniela Lima Soares, editora do blog trecos & trapos

“Eu trabalho em um museu de Porto Alegre e temos um acervo bibliográfico que conta com uma técnica em biblioteconomia. Eu, ela e mais alguns colegas do setor pedagógico (onde eu trabalho) criamos uma oficina de conservação de livros para crianças, e como material elaboramos o Biblos, um livro que conta sua própria história.

Conta como ele fora mal tratado durante sua vida, jogado, rasgado, rabiscado e como ele chegou finalmente ao museu e está aguardando a recuperação pela técnica em biblioteconomia.

O livro é bastante simples, um trabalho coletivo que está sendo catalogado pela Biblioteca Nacional e será distribuido nas escolas daqui. Foi muito bom escrever um livro infantil.

E com esse trabalho eu descobri e melhorei algumas técnicas para cuidar bem de um livro. E elas são bem simples. Continue lendo

Publicado em Leituras & Cia | Com a tag | Deixe um comentário

TCU é eleito a melhor instituição pública para se trabalhar

TCU

Hoje é comemorado o Dia do Servidor Público. Neste ano, o tribunal tem um motivo a mais para comemorar: foi eleito a melhor instituição pública para se trabalhar pelo Guia Você S/A.

Neste dia, o presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, dirige mensagem aos servidores:
“Sei que a maior riqueza de uma instituição são as pessoas. Por isso, gostaria de parabenizar cada um de vocês, que por todo o Brasil, dedicam seu trabalho e competência à busca de melhores resultados para a sociedade brasileira.

A participação de vocês foi fundamental para alcançarmos o reconhecimento do Guia Você S/A, que só reforça as boas práticas e as políticas de gestão de pessoas do tribunal. Tenho orgulho de dirigir um órgão público preocupado com o bem-estar e com a felicidade de seus servidores.”

O dia do servidor público é comemorado no dia 28 de outubro desde 1991. A data foi instituída em 11 de dezembro de 1990, pela Lei nº 8.112. Mas o Decreto-Lei 1.713, de 28 de outubro de 1939, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas, já consagrava a data como uma homenagem aos funcionários públicos brasileiros. Por isso, o dia foi mantido no Regime Jurídico Único.

Publicado em Leituras & Cia | Com a tag | Deixe um comentário