[Livro] Como a mente funciONa

Como a mente funciONa Foram quase 700 páginas degustadas nas férias de julho. Mas tudo tem um “fim”.

“O conhecimento tem sua origem nos processos mentais do ser humano. Saber como a mente funciona é essencial para se compreender as duas grandes dimensões do conhecimento: o aprendizado; como o processo de aquisição de conhecimento, e a memória; o armazenamento desse conhecimento”, diz Steven Pinker.

O livro expôs uma nova forma de ver o mundo e espero que ao retornar à sala de aula me permita também fazer novos arranjos para entender as diferenças cognitivas dos meus educandos/educandas na Escola de Informática e Cidadania do Tribunal de Contas da União (EIC-TCU).

A neurodidática me obrigou a preparar aulas para a linguagem do pensamento. Difícil alcançar os conceitos e, principalmente pô-los em prática, mas tentarei tornar minhas aulas mais agradáveis. Quem sabe essa minha insistência me tornará algum dia professor.

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

[Livro] Linguística Computacional

A sugestão é o livro Linguística computacional: Teoria e prática, de autoria do doutor em Linguística Aplicada Gabriel Othero e do professor da PUCRS Sérgio Menuzzi. A obra introduz o leitor numa nova área da linguística, que tenta ensinar uma linguagem a uma máquina.

Em 128 páginas, é possível descobrir como fazer para que um computador entenda a linguagem natural, desenvolvendo corretores ortográficos e gramaticais mais confiáveis, tradutores automáticos e sistemas de busca mais precisos, além de programas de atendimento virtual mais naturais e completos.

O leitor irá descobrir muitos fatos curiosos sobre esse ramo e, ao mesmo tempo, será capaz de, ele mesmo, dar seus primeiros passos no desenvolvimento de programas computacionais que enfoquem o tratamento da língua portuguesa por computador. (Editora Parábola, 128 páginas).
=============================================================
Comentário do QUEMEL: Quando adquiri esse livro pela 1ª vez, custava R$ 15. Comprei 7 volumes e fiz um sorteio entre os estudantes de computação da Universidade Paulista (Unip) que assistiram minha palestra intitulada Carreiras Digitais: profissões do futuro ou de futuro? Quis repeti o feito na Universidade Católica de Brasília (UCB), mas a inflação fez o livro pular para R$ 25. Saiba mais

Publicado em Leituras & Cia | 1 Comentário

[Livro] O Livro dos Códigos

Autor do bestseller “O último teorema de Fermat”, Simon Singh apresenta a história da arte de escrever segredos desde o Antigo Egito.

Narra, também, a luta entre criadores e decifradores de códigos, começando quinhentos anos antes de Cristo e chegando até hoje, quando a criptografia é usada na Internet.
Este livro traça o fascinante desenvolvimento da criptografia desde a espionagem militar na Grécia antiga às modernas cifras de computador, revelando como a notável ciência da criptografia modificou o curso da história.

Além de claras demonstrações matemáticas, linguísticas e tecnológicas de vários tipos de códigos, traz ilustrações das personalidades que estavam por trás deles – heróis e vilões.

Leitura obrigatória para estudantes de jornalismo e profissionais da mídia. Indispensável para se “descriptografar” a guerra de informações publicada em forma de reportagens, citações e artigos. O livro é um verdadeiro guia de como não se transformar num “inocente útil”.

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

Os efeitos psicológicos do desemprego


O trabalho, além de ser um apoio financeiro ou salarial, na maior parte das vezes também pode ser considerado uma fonte de bem-estar e equilíbrio psicológico e/ou social. Desse modo, quando não há emprego, são geradas várias mudanças na vida da pessoa que fazem com que valha a pena dedicar um artigo à psicologia do contexto do desemprego.

Quando uma pessoa procura emprego pela primeira vez ou trabalhou durante anos e de repente se vê em uma situação de desemprego, pode acabar por experimentar uma série de transformações emocionais, psicológicas e sociais. Assim o afirma a Associação Americana de Psicologia (APA). “Comparativamente às pessoas que têm trabalho, as pessoas desempregadas correm o dobro do risco de sofrer de problemas psicológicos, tais como depressão, ansiedade, sintomas psicossomáticos, baixo bem-estar psicológico e autoestima baixa”. (Paul & Moser, 2009).

É preciso levar em conta que a situação de desemprego é uma experiência que transcende a objetividade da falta de ocupação, já que é vivida e interpretada de diferente formas de acordo com uma série de circunstâncias individuais, incluindo os recursos psicológicos que a pessoa afetada dispõe e o ambiente em que vive.

Segundo as diferentes pesquisas realizadas e a opinião de especialistas profissionais, encontramos uma série de fases e fatores comuns em relação aos efeitos psicológicos que podem surgir na situação de desemprego. Na continuação deste texto iremos tratar de identificá-los.

Fases que uma pessoa enfrenta depois de perder o emprego Continue lendo

Publicado em Carreiras Digitais & Cia | Deixe um comentário

[Doutor Computador] Planilha de Serviços em Informática (PSI)

Método & Metodologia CDINFOMeu serviço tem “cheiro” e pode ser “experimentado” pelo cliente antes de se decidirem pela compra.

Como? É muito simples! Quando comecei a estudar a economia de serviços percebi que vender produtos é muito mais fácil do que vender serviços. A 2ª aula do módulo 1 versa sobre serviços e tem ajudado muitos técnicos de informática a perceber essa sutil diferença.

Vender o invisível e intangível é quase uma arte, pois não tem como você se arrepender e tentar devolver o serviço prestado. Vender um computador é fácil. Vender o serviço para manter esse computador funcionando por no mínimo 5 anos é mais difícil.

Como então tornar tangível um serviço? Minha tese é que você pode transformar um serviço em produto criando índices de materialidade que promovam experiências sensoriais “tangíveis”.

Quando comecei a vender o Plano de Saúde do Doutor Computador levava o meu notebook e demonstrava como funcionava o Sistema de Recuperação de Desastres “Começar de Novo”. Além de mostrar uma apresentação em Powerpoint com a situação das partições (Sistema e Dados) do disco. E caso o potencial cliente não ficasse satisfeito, dava uma comando no laptop e apagava a partição de sistema. Depois recuperava a partição usando (Diskete/CD-ROM/DVD-R/Pendrive) de boot recuperando a imagem de sistema do dispositivo.

Todos os anos reviso meu Método & Metodologia CDINFO e índices de materialidade dos meus serviços. Desde 2013 tenho emitido o Relatório de Atendido Técnico – RAT somente para clientes empresarias. Para clientes domésticos forneço agora a Planilha de Serviços em Informática – PSI.

Compartilho com você que é técnico/técnica em informática alguns modelos da PSI para avaliação, sugestão e aprimoramento: Planilha de Serviços em Informática

Publicado em Doutor Computador | Deixe um comentário

Recomendo: cartucho recarregável da Epson

Cartucho recarregável EpsonQuando escrevia para jornais de Brasília e pelo fato de ainda não ser jornalista diplomado e de não depender dessa profissão para sobreviver, comecei a afrontar algumas empresas de tecnologia. A Hewlett-Packard mais conhecida pelo acrônimo HP foi a empresa que mais enviou reclamações contra as minhas matérias cada vez que eu contrariava os seus interesses. Queriam a minha “demissão” e faziam uma pressãozinha para os donos dos jornais.

Mas quando o comercial informava que eu vendia 204 mil jornais às terças-feiras, representando cerca de R$ 400 mil reais, a demissão era logo esquecida.

Uma das matérias que em 2001 causou grande repercussão referia-se a cartuchos similares ou compatíveis para as impressoras HP series 600. Mostrei que os cartuchos fabricados pela Extralife e Maxprint eram tão bons quanto os originais e caros da HP. A Hewlett-Packard não gostou da matéria. Alegou que eu “desinformava” os leitores e usuários de suas impressoras. A HP até entrou na justiça contra a Extralife, mas perdeu a ação ardilosa.

Mostrei que o litro de tinta vendido pela HP custava cerca de R$ 20 mil reais, enquanto de outros fabricantes não passavam de alguns centavos. Enfim, desde os anos 2000 que passei ser uma “persona-non-grata” para a velhaca HP. E foi muito engraçado quando pedi demissão pela 1ª vez do Correio Braziliense em 2004. houve festa da HP e CTIS que comemoraram a minha saída. Foi por pouco tempo. Quando o número de jornais caiu para 170 mil, fui novamente chamado e em 2005 retornei ao jornal.

Resolvi experimentar os cartuchos recarregáveis da impressora Epson XP-204. Encontrei na Netink não só uma empresa confiável, mas principalmente pelos solícitos técnicos (Gregório, Rafael e Rogerio, aquele abraço!) que todas as vezes que ligava pedindo mais informações tinham a paciência de Jó e sempre dispostos a me fornecer a melhor solução.

Tinta corante para Epson XP-204Confesso que fiquei inseguro para fazer eu mesmo o procedimento, mas com a ajuda da Netink eu consegui. Eram vidrinhos de tintas, seringas, donwgrades, etc. Vejam esses vidrinhos ao lado: se tivesse que pagar para a Epson em cartuchos custariam: R$ 1.600,oo

Agora parto para a experiência de um Bulk-in numa HP8610. Espero que seja somente alegria.

Publicado em Doutor Computador | 2 Comentários

Salve Seo Marinheiro!

Marinheiro na Umbanda são entidades geralmente associadas aos marujos, que em vida empreendiam viagens pelos mares, enfrentando toda sorte de infortúnios. Trabalham na linha das águas, na linha de Yemanjá, a mãe universal na Umbanda, a rainha dos mares.

Ótimos guias para desmanche de feitiçaria, os marinheiros trazem com seu jeito alegre a dispersão de fluidos oriundos do baixo astral, bebericando sua cerveja, rum ou cachaça. Apesar de seu modo cambaleante, estão mantendo o equilibrio encimando ondas vibratórias densas que emanam de entidades maléficas, tratando todos os guias e consulentes de mano, são entidades irmanadas no auxilio mútuo ao próximo.

Nuvem Azul
Aguá Maré
Maré Mansa
Sete Ondas
Sete Mares
Sete Maresias
Janaina da Praia
Zé do Leme

Publicado em Clipping | 3 Comentários

[9/12] Dia Mundial de Combate à Corrupção

Dia Nacional de Combate à Corrupção

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Discurso de Ruy Barbosa, no Senado Federal, em 1914

“A falta de justiça, Srs. Senadores, é o grande mal da nossa terra, o mal dos males, a origem de todas as nossas infelicidades, a fonte de todo nosso descrédito, é a miséria suprema desta pobre nação.

A sua grande vergonha diante do estrangeiro, é aquilo que nos afasta os homens, os auxílios, os capitais.

A injustiça, Senhores, desanima o trabalho, a honestidade, o bem; cresta em flor os espíritos dos moços, semeia no coração das gerações que vêm nascendo a semente da podridão, habitua os homens a não acreditar senão na estrela, na fortuna, no acaso, na loteria da sorte, promove a desonestidade, promove a venalidade, promove a relaxação, insufla a cortesania, a baixeza, sob todas as suas formas.

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.

Essa foi a obra da República nos últimos anos. No outro regime (na Monarquia), o homem que tinha certa nódoa em sua vida era um homem perdido para todo o sempre, as carreiras políticas lhe estavam fechadas. Havia uma sentinela vigilante, de cuja severidade todos se temiam e que, acesa no alto, guardava a redondeza, como um farol que não se apaga, em proveito da honra, da justiça e da moralidade”.

(in Obras Completas de Rui Barbosa, V. 41, t. 3, 1914, p. 86)

Publicado em Leituras & Cia | 10 Comentários

O Brasil acaba com a corrupção ou a corrupção acaba com o Brasil!

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

8/12: Salve OXUM!

Oxum é um Orixá feminino da nação Ijexá, adotada e cultuada em todas as religiões afro-brasileiras. É o Orixá das águas doces dos rios e cachoeiras, da riqueza, do amor, da prosperidade e da beleza.

Em Oxum, os fiéis buscam auxílio para a solução de problemas no amor, uma vez que ela é a responsável pelas uniões, e também na vida financeira, a que se deve sua denominação de “Senhora do Ouro”, que outrora era do Cobre, por ser o metal mais valioso da época. Oxum é símbolo da sensibilidade e muitas vezes derrama lágrimas ao incorporar em alguém, característica que se transfere a seus filhos, identificados por chorões.

Arquétipo
Seus filhos e filhas são doces, sentimentais, agem mais com o coração do que com a razão e são muito chorões. Também são extremamente vaidosos e conquistadores, adoram o luxo, a vida social, além de sempre estarem namorando. [Saiba mais]

Publicado em Leituras & Cia | Com a tag | Deixe um comentário

[Ponto de Umbanda] Eu vi mamãe Oxum!

Ogân Eu vi mamãe Oxum nas cachoeiras,
Sentada na beira do rio,

Eu vi mamãe Oxum nas cachoeiras,
Sentada na beira do rio,

Colhendo lírio, lírio ê,
Colhendo lírio, lírio á,
Colhendo lírio pra enfeitar nosso congá,

Colhendo lírio, lírio ê,
Colhendo lírio, lírio á,
Colhendo lírio pra enfeitar nosso congá,

Para ouvir o Ponto Mamãe Oxum na Cachoeira, clique no Audio Player abaixo:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Publicado em Escovando bytes | Deixe um comentário

[Livro] Vocabulário YORÙBÁ

“O yorùbá é um dos mais de 250 idiomas falados na Nigéria e em alguns outros países da África Ocidental. É uma língua tonal, uma vez que não considera apenas o som, mas também o tom de cada palavra para lhe atribuir um sentido específico. Por isso, possui acentuações (grave, média e aguda) associadas aos tons musicais que definem seu sentido.

Até o século XIX, a língua yorubana não possuía uma forma escrita. Só a partir de então, alguns missionários yorubanos da igreja anglicana, com a ajuda de alguns de seus colegas estrangeiros, criaram a escrita yorùbá baseada no alfabeto europeu.

Inúmeros termos em yorùbá são utilizados no dia a dia das casas de candomblé e, em função da expansão dos cultos de origem africana no Brasil, o idioma foi assunto de muitos estudos em nosso país.

Neste livro, Eduardo Napoleão oferece noções de grafia e pronúncia dos principais termos yourùbá, além de um resumo gramatical que analisa os fonemas, substantivos, pronomes e tons do idioma, em uma linguagem clara, destinada a facilitar a compreensão dos cânticos, rezas e encantações que fazem parte da religião dos orixás”.
===============================================================
Comentário do QUEMEL: “ Nã Oluwa Alasaro Nití Àioyé On Irin, Íbí Gbogbo Gbon-Agbomregé Òti Sogbogba, Pé Um-hún Àtaiyebaiye Gbogbo Àjumodapo Towotowó, Feran Gbogbo Pagagidi Basi Papá Tiwá Fé”.

Publicado em Leituras & Cia | 1 Comentário

Consultoria doméstica em informática vale a pena?

Dr. Computador

Estava em Goiânia auxiliando alguns usuários. Era 20 de dezembro de 1997. O telefone toca, do outro lado da linha uma voz com forte sotaque paulistano indaga:

– Como é essa história de consultor doméstico de informática?

Era Kátia Militello, jornalista da Editora Abril que cobria carreiras e mercado de trabalho para a revista INFO. Fazia uma reportagem sobre consultores. Tinha descoberto minha primeira página feita em MS-Publisher 97.

Conversamos durante meia hora e o resultado apareceu na Revista INFO de fevereiro. Esse episódio completou 17 anos, mas parece que foi ontem. Se vale a pena? Confira no link ao lado. [Leia mais]

Publicado em Doutor Computador | Deixe um comentário

Oração do Paraquedista


Dai-me Senhor meu Deus, o que Vos resta;
Aquilo que ninguém Vos pede.

Não Vos peço o repouso nem a tranquilidade,
Nem da alma nem do corpo.

Não Vos peço a riqueza nem o êxito nem a saúde;
Tantos Vos pedem isso, meu Deus,
Que já não vos deve sobrar para dar.

Dai-me Senhor o que Vos resta,
Dai-me aquilo que todos recusam.

Quero a insegurança e a inquietação
Quero a luta e a tormenta

Dai-me isso, meu Deus, definitivamente
Dai-me a certeza de que essa será a minha parte para sempre
Porque nem sempre terei a coragem de Vo-la pedir.

Dai-me, Senhor, o que Vos resta,
Dai-me aquilo que os outros não querem;
Mas dai-me, também, a coragem, a força e a fé.
paraquedistas
Capazes de atuar em qualquer lugar do Brasil em prazo máximo de 2 horas após o serem acionadas. Essa é a tropa paraquedista do Exército Brasileiro!

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

1º Batalhão de Ação de Comandos – BAC

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

O Blog do QUEMEL recomenda a Criar Design

Criar Design

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Fatura em nome de Vadia. E tu Kuemel, o qui Kueres?

NET TROCA GRAFIA DE BATISMO DA CLIENTE QUE RECLAMOU DO ATENDIMENTO.

Comentário do QUEMEL: Eu tive mais sorte. Após discutir várias vezes com as amáveis atendentes da NET e de outros provedores (Qué Mel, Kemmel, Kuemel, Quênio, Kêmio, Kenel…), desisti e cancelei o serviço. Agora utilizo os serviços da “POMBO NET”.

A Net trocou o nome de uma cliente de Sorocaba (SP) na fatura de cobrança. O fato poderia ser considerado um simples equívoco, não fosse um detalhe: “Katia” virou “Vadia”, e isso pouco depois de ela discutir com uma atendente da empresa por telefone.

O caso começou em 16 de julho, quando Katia Nogueira ligou para a Net para renegociar uma dívida. Ela diz que foi orientada a pagar a fatura de junho para que o sinal de internet e TV a cabo não fossem interrompidos, mas que, no dia seguinte ao pagamento, o acordo foi descumprido.

Katia diz que ligou de novo. “Ela [a atendente] disse que eu não devia atrasar faturas e me deixou 24 minutos na linha até a ligação cair.”

Segundo ela, a atendente pediu várias vezes a confirmação de dados, mas não disse que o cadastro seria alterado. “Não gostei da forma como ela falou e posso ter respondido com má vontade, mas falei meu nome claramente”, afirmou.

No terceiro telefonema, diz, Katia conseguiu a renegociação e o sinal voltou. “Minha surpresa foi receber a conta, com o nome trocado. Cheguei a achar que era ‘Nadia’, mas depois entendi e me senti extremamente mal.”

A cliente registrou um boletim de ocorrência.


Dia 1º de agosto, ela recebeu um pedido formal de desculpas da Net, além de flores e bombons, mas manteve o cancelamento do serviço. “Agora estou sem nada, mas com a dignidade”, afirmou.

Para o chefe da seção de fiscalização do Procon de Sorocaba, José Antonio de Oliveira Júnior, pode ter havido “exposição do consumidor ao ridículo”. “O fato de um cliente buscar seus direitos, mesmo que reclamando e sendo mais exigente, não autoriza a empresa ao constrangimento”, disse.

A Net informou, em nota, que solicitou o “imediato afastamento da funcionária do quadro de prestadores de serviço”. Disse ainda que notificou a empresa Contax, responsável pelo atendimento aos clientes, sobre a ocorrência, que diz “não tolerar”.

A Contax, por meio de sua assessoria, disse que lamenta o ocorrido e que demitiu a colaboradora, por ferir seu código de ética.

A empresa informou ainda que os colaboradores passam por um “intensivo processo de treinamento focado nas necessidades do cliente”.

Publicado em consomeDOR | Deixe um comentário

Afinal de contas, quanto cobrar?

Doutor Computador

O calendário marcava 12 de outubro de 1994 quando consegui meu primeiro cliente. Tudo bem que a profissão de consultor doméstico em informática era tão nova que sempre aparecia umas crises de identidade, mas não saber cobrar a prestação do serviço foi a pedra no meu sapato. Foram meus próprios clientes que me ajudaram a superar esse complexo de inferioridade financeira que teimava em não desencarnar de mim.

– Quanto que te devo?

Essa foi a pergunta mais difícil que tive de responder para meu primeiro cliente. Como você sai de sua residência em pleno feriado de Nossa Senhora Aparecida e não sabe o quanto vai cobrar por uma consultoria? Só os profissionais sabem exatamente o valor do seu trabalho.

– É Cr$ 41.250.
– OK, mas não seria melhor convertermos em reais?
– Sim, claro, desculpe. Fica então R$ 15.

Recebi o valor, mas nervoso, porque levei mais de quatro horas para dar uma geral no computador, um PC AT Pentium 100 com 64 megabytes de RAM e disco rígido de 8GB e rodando Windows 3.11. Entreguei a segunda via do relatório de avaliação técnica e fui comemorar dentro do meu Voyage 1986 num posto de gasolina:

– Pode colocar Cr$ 13.750 de álcool?
– São R$ 5, senhor. Continue lendo

Publicado em Doutor Computador | 19 Comentários

Consultoria Doméstica em Informática: 22 anos

Doutor Computador

Publicado em Doutor Computador | Deixe um comentário

“Negro é raça, preto é cor”

Em 2002 quando ainda era consultor e colunista técnico do jornal Correio Braziliense, uma grande revista de negócios com circulação quinzenal me solicitou uma análise sobre o mercado doméstico de computadores.

Em certo trecho da reportagem, eu pintava a situação: “[…] 2001 foi um ano negro para o setor informático…”.

Recebi muitas críticas em relação aos dados exclusivos que produzira para o trabalho, mas nada tão inusitado como mensagens me acusando de racista. Continue lendo

Publicado em F.O.C.A. | Com a tag | 2 Comentários

2º domingo de outubro – O Círio de Nazaré

O Círio de Nazaré, em devoção a Nossa Senhora de Nazaré, é a maior manifestação religiosa Católica do Mundo e uma das mais tradicionais também, sendo celebrada desde 1793, na cidade de Belém do Pará. É celebrada anualmente no 2°domingo de outubro.

Outras regiões devido a migração de paraenses acabaram criando as procissões para estarem mais próximos de Belém, mesmo que pelo ato de Fé. Até em Portugal é celebrada. No dia 8 de Setembro na vila da Nazaré.

O Termo “Círio” tem origem na palavra latina “Cereus”, que significa vela grande.

No Brasil, no início era uma romaria vespertina, e até mesmo noturna, daí o uso de velas. No ano de 1854, para evitar a repetição da chuva torrencial como a que havia caído no ano anterior, a procissão passou a ser realizada de manhã.

O Círio foi instituído em 1793 em Belém do Pará, e até 1882, saía do Palácio do Governo. Em 1882, o bispo Dom Macedo Costa, em acordo com o Presidente da Província, Dr. Justino Carneiro, instituiu que a partida do Círio seria da Catedral da Sé, em Belém.

Alguns estudiosos estão considerando o Círio de Nazaré em Belém do Pará, como sendo a maior manifestação religiosa do Planeta. Consegue congregar dois milhões de pessoas em uma só manhã. [Saiba mais]

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Francisco de Assis, psicografia de João Nunes Maia

Francisco de Assis Não me surpreendi com a escolha do Cardeal Jorge Mario Bergoglio para conduzir a Igreja de Pedro e, principalmente pela escolha do nome Francisco.

Surpreendente mesmo foi ter lido Francisco de Assis, psicografia de João Nunes Maia pelo espírito Miramez.

Foi sossegado numa rede em Porto das Dunas (Ceará) que pude me emocionar com o livro. Solitário, sim. Sozinho, nunca!

Todas as noites encontrava com amigos da espiritualidade para lermos o livro.

Certa feita, um amigo do invisível me dizia ser a publicação um tratamento de desobsessão e ao mesmo tempo contra a depressão. Continue lendo

Publicado em Leituras & Cia | Deixe um comentário

Oração da Paz – Francisco de Assis

Oração da Paz - Francisco de Assis A Oração da Paz, também denominada de Oração de São Francisco, é uma oração de origem anônima que costuma ser atribuída popularmente a São Francisco de Assis. Foi escrita no início do século XX, tendo aparecido inicialmente em 1912 num boletim espiritual em Paris, França.

Em 1916 foi impressa em Roma numa folha, em que num verso estava a oração e no outro verso da folha foi impressa uma estampa de São Francisco. Por esta associação e pelo fato de que o texto reflete muito bem o franciscanismo, esta oração começou a ser divulgada como se fosse de autoria do próprio santo.

Publicado em Clipping | Deixe um comentário

Vida de um Homem: Francisco de Assis, por Chiara Frugoni

Vida De Um Homem: Francisco De Assis “Francisco de Assis foi o responsável por uma das mudanças mais significativas por que passou o cristianismo. A decisão de se guiar pelo Evangelho e pela conduta de Cristo o aproximou da natureza e dos homens, afastando-o das posições que viam o mundo apenas como lugar da tentação e do pecado. Os ideais de pobreza, amor ao próximo, humildade, obediência e alegria possibilitavam uma experiência radical da existência cotidiana. Ao mesmo tempo em que permitiam transformá-la, a ponto de fazer convergir beleza espiritual e beleza sensível.

A um mundo que mudava rapidamente e que começava a pôr em xeque as bases do feudalismo, Francisco soube responder com uma religiosidade ativa e generosa. Ela falava mais de perto a homens e mulheres às voltas com novos problemas e práticas, que não se deixavam guiar apenas pelo temor a um Deus punitivo. Sem os franciscanos (e dominicanos), as iniciativas que conduziram às heresias- ou seja, às tentativas laicas de viver de forma cristã- poderiam ter um destino semelhante ao dos fundamentalismos de nossos dias”. Continue lendo

Publicado em Carreiras Digitais & Cia | Deixe um comentário

Ser Paraense é…

• Tomar Açaí sem açúcar
• Jamais comer Manga com febre
• Ter um Natal em outubro e outro em dezembro
• Ver se ninguém ta olhando, e juntar uma Manga que caiu
• Ser devoto fervoroso de Nossa Senhora de Nazaré
• Ir aos domingos com os filhos na Praça da República
• Já ter ido alguma vez na Corda do Círio
• Acreditar no poder terapêutico dos Banhos e Garrafadas
• Comer peixe frito com Pimenta de Cheiro no Ver-o-Peso
• Ter habilidade para subir num Açaizeiro
• Sentir-se um ser do Rio e da Floresta
• Ir as lágrimas quando vê passar a Berlinda
• Ter uma Estrela Azul e solitária em sua Bandeira
• Reclamar do preço do Açaí, mas comprá-lo todo dia
• Comer “quase tudo” com Farinha
• Trazer no sangue o rítimo do Carimbó, Siriá e Marujada
• Participar com chapéus coloridos do Arraial do Pavulagem
• Passear na Estação das Docas apreciando na Baía de Guajará
• Dirigir quilômetros para tomar água de coco em Icoaraci
• Ir bem mais longe comer uma tapioquinha em Mosqueiro
• Ter as roupas perfumadas por Patchuli
• Ficar feliz ao encontrar Paraenses fora do Estado ou País
• Achar que tudo que é bom é, Pai D´Égua
• Tomar uma cuia de Tacacá no calor insuportável das três da tarde
• Almoçar Maniçoba e Pato no Tucupi no dia do Círio
• Chupar uma manga até o caroço
• Danças música do Pinduca após o listão do Vestibular
• Ter orgulho do maior e mais belo Círio do mundo
• Ter o parabrisa do carro quebrado por uma manga
• Se empanturrar de Pupunha com café
• Encher um paneiro com Manga depois do toró
• Falar Égua a toda hora e a todo instante
• Adorar, como EU, vadiar pela cidade que ama: Belém

Publicado em Leituras & Cia | 2 Comentários

Nossa Senhora de Nazaré – Padroeira dos Paraenses

Nossa Senhora de Nazaré é um dos títulos dados a Maria, mãe de Jesus. A devoção teve início em Portugal e espalhou-se pelas colônias portuguesas. No Brasil, a devoção a Nossa Senhora de Nazaré tem grande expressão em Belém (Pará) através do Círio de Nazaré, que se tornou uma das maiores procissões católicas do mundo, reunindo anualmente cerca de dois milhões de pessoas.

A devoção à Nossa Senhora de Nazaré é de origem portuguesa. Introduzida no Pará pelos jesuítas, há mais de 200 anos é cultuada na festa do Círio de Nazaré.[2]

Consta que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré foi encontrada pelo caboclo Plácido José de Souza no ano de 1700, às margens do igarapé Murucutu. Plácido a levou para sua casa e no dia seguinte a imagem havia desaparecido. O caboclo tornou a encontrá-la no igarapé, recolhendo-a novamente. O fato repetiu-se duas vezes até que foi construída uma pequena capela no local. Com o aumento da devoção, foi construída a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré nesta localidade, hoje Belém do Pará. Em Belém ocorre todos os anos o Círio de Nossa Senhora de Nazaré e reune mais de 2 milhoes de fiés que seguem esta imagem que é levada par à Casa de Deus, onde termina a procissão e há uma missa com todos os devotos.

Procissões semelhantes ocorrem no estado em Cametá, Marabá, Mãe do Rio, Macapazinho, São Miguel do Guamá, Souré, São João de Pirabas, Vigae também em Portel no Marajó. [Saiba mais]

Publicado em Clipping | 4 Comentários

Carta a um jovem técnico de informática: garantia de serviços

Caro colega, salve!

Você me pergunta qual é a minha “mágica” para dar 366 dias de garantia num serviço técnico de informática, o sistema de recuperação de desastres “Começar de Novo”?

Sempre aparece aquele blá, blá, blá sobre magia, feitiçaria e bruxaria.

A despeito desse papo repetitivo, informe-lhe que no máximo sou do signo de Áries e devoto de São Jorge, o santo guerreiro. Filho de Ogum e no zodíaco chinês, Dragão. Ser mitológico que não existe, mas costuma cuspir fogo quando cutucado com vara curta. Se você ainda tem alguma pretensão de continuar recebendo minhas orientações, evite falar novamemente em “formulas mágicas” quando quiser algum esclarecimento. Perco mais tempo me justificando do que orientando.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

A garantia de 365 dias é um conjunto de técnicas instrumentais, educação do usuário e conhecimento da lei. Pelo CDC sou obrigado a fornecer 90 dias (e não três meses) de suporte gratuito pelo serviço executado. No entanto, emito o certificado de garantia com o prazo de 93 dias. Os 275 dias restantes são cobertos pela garantia extendida, mas igualmente limitada. Continue lendo

Publicado em Cartas | 1 Comentário

Recordar é sofrer: HP sete dias para responder a dúvida do consomeDOR

O Suplemento de Informática do Correio Braziliense (onde fui colunista e consultor técnico) fez uma matéria sobre suporte online em agosto de 2007. Uma rápida pesquisa pela internet demonstra que o suposto suporte técnico não passa de propaganda enganosa.

Talvez seja por isso que Foruns de Informática como o Guia do Hardware e Baboo façam tanto sucesso. Quando adquirimos um produto, deveríamos ser informados que aquela opção de garantia estendida é pura enganação. A HP levou sete dias para responder uma simples dúvida. Imagina se eles tivessem que responder as dúvidas complexas enviadas para a Coluna Info Ajuda. Sete anos depois e a situação continua a mesma, mas a disposição para enfrentar o problema, esmoreceu.

E no Natal de 2012 a situação piorou se você comprou equipamentos LG em certo magazine. Terá uma surpresa: há equipamentos estocados a pelo menos 24 meses e a LG em nota oficial afirma que equipamentos com mais de cinco anos não são cobertos pela reposição de peças (ver Correio Braziliense de 28/11/2011 – Seção Grita do Consumidor).

Por isso Técnico, antes de indicar um equipamento para seu cliente, faça um trabalho de 2ª Seção (Inteligência), pois os meus, desde 1994 que não caem mais nestas armadilhas de consumo. Saiba como foi o teste clicando no link ao lado. [Saiba mais]

Publicado em consomeDOR | Deixe um comentário

[Recesso] Desintoxicação Tecnológica Stresseletroencefalogrâmica!

Caro leitor, cara leitora, salve!

O Blog do QUEMEL estará de 18 a 22 de julho/2016 em Desintoxicação Tecnológica. Em breve voltaremos com posts exclusivos. No 2º semestre de 2016 nas palestras Pergunte ao Doutor Computador a serem realizadas na Fnac Brasília, sortearemos um Day Use do Hotel Fazenda Cabugi. Você poderá passar um sábado (das 8h às 17) com direito a café da manhã e almoço muito mais com o sistema All Inclusive.

º

Publicado em Desintoxicação Tecnológica | 1 Comentário