[Assistência técnica] Como NÃO comprar um laptop/ultrabook

Comece perguntando ao “consultor-técnico”, vulgo vendedor, se o notebook possui garantia nacional. Se ele gaguejar, mas responder com toda segurança:

– Veja bem…

Passe para a segunda pergunta: essa garantia é feita em assistência técnica autorizada ou especializada? Se a resposta for com toda certeza:

– Veja bem…

Passe para a terceira (fatal) e última: se o meu notebook apresentar problemas e não tiver garantia nacional e nem possuir nem assistência técnica autorizada ou especializada, eu faço o quê?

Se ele ainda mantiver a paciência, a cordialidade, a solicitude, a urbanidade e todas as outras qualidades que o levaram a se tornar um consultor técnico, mas insistir com sua sapiência-segurança-audácia-ousadia na resposta padrão: La Garantia Soy Yo, desconfie!

Esta entrada foi publicada em consomeDOR. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

24 respostas para [Assistência técnica] Como NÃO comprar um laptop/ultrabook

  1. Veloso disse:

    A tecnologia evolui muito nos últimos anos.

  2. Ola pessoALL.

    Vocês não entenderam…

    O documento não trata especificamente sobre técnicas de manutenção de equipamentos, mas sim sobre as armadilhas utilizadas pelos fabricantes para “desovar” seus equipamentos de 5ª categoria em terras tupiniquins (e ainda tem gente que paga uma fortuna para comprar lixo tecnológico de países “des Envolvidos”, ou seja, não se envolvem com os interesses dos consomeDores)…

    Infelizmente é a cultura do “quanto menos informação, melhor para os nossos negócios”…

    O jeito vai ser despejar o Código de Defesa do Consumidor, ou quem sabe até algo mais, em cima deles. Se os clientes demitirem pelo menos uma dessas “empresas”, talvez as outras percebam que precisam mudar suas atitudes.

    $orte e $ucesso.

    Claudio R. E. Boaventura

  3. Sérgio Tanaka disse:

    Olá, trabalho com manutenção de desk já algum tempo,
    mas como sempre aparece trabalhos com notes e não tenho experiência com este tipo de equipamento, gostaria de saber se poderia me enviar o tutorial “segredos dos notebooks.pdf”, desde já agradeço a ajuda.

    Sérgio

  4. Manoel Arujo disse:

    Boa tarde! eu també quero reber o “segredos dos notbooks.pdf, seria possivel? Fortaleza agradece!!!

  5. Cara Edilva,

    em novembro ministrarei a novamente a palestra na Fnac.

    bração,

    Quemel

  6. Maria Edilva disse:

    Quemel,
    Sempre que posso assisto suas palestras na Fnac,porém perdi um tema que acho muito importante que é sobre notebook, gostaria se possível me enviar orientação de como escolher bem na hora da compra, pois com tantos modelos e preços a dúvida é grande.
    Prabéns pelo seu trabalho.

  7. paulo jose c pires disse:

    ola quero saber sobre esse arquivo o segredo do notebook

  8. Rezende disse:

    Olá Quemel…

    Muito interessante seu blog… encontrei ele no guia do hardware… e a proposito, moro no interior e tenho muita dificuldade com um note que ja foi poderoso (gatway solo 2500), mas, hoje requer manutenção… e eu sei fazer manutenção apenas em computador convencional e pouca grana para se deslocar para uma capital para fazer a mesma… e como vi sua disposição de enviar seu arquivo Segredos dos Notebooks.pdf, ficaria muito grato se pudesse me enviar tambem… fico no aguardo…

    Paz…

    Rezende

  9. Tarcisio Junior disse:

    Seria possivel me enviar o arquivo Segredos dos Notebooks.pdf ?
    Grato!!!!!!

  10. Margarete Couto disse:

    Sr. Quemel eu comprei um notebook Acer em 2005 aqui em Brasilia e quando fui levar no conserto lá no SIA ele foi mandado para São Paulo e fiquei 20 dias sem poder trabalhar e fazer laudos.

    Foi muito esclarecedora seu programa Baite Papo na Radio Nacional. Parabéns!

  11. Caro Edvaldo,

    o arquivo não está à disposição.

  12. Edvaldo Lima disse:

    Olá, como os outos gostaria de receber o arquivo Segredos dos Notebooks.pdf. obs: eu tenho um tochiba lince, o que c acha da marca?

  13. Ricado Cotinhas disse:

    Olá, como os outos gostaria de receber o arquivo Segredos dos Notebooks.pdf

    obrigado!!

  14. Paulo Rua disse:

    Olá amigo, achei alguns posts seus falando sobre manutençao de notebooks e gostaria de saber se é possivel que me envie o arquivo “Segredos dos notebooks.pdf”… Gostaria de estudar algum material nessa área….

    Obrigado, Boa noite

  15. PEDRO SEREDNICKI disse:

    Ola, gostaria de receber o arquivo Segredos dos Notebooks.pdf

    obrigado pela atenção, desde ja muito grato.

  16. Luiz F disse:

    Parabéns pelo blog. Muito útil e interessante. Bom, vamos à minha dúvida: sou professor de inglês aqui em Belo Horizonte e dou aulas particulares. Estou precisando urgentemente de um notebook, mas estou com muitas dúvidas com relação à marcas(o que você me diz sobre Acer e CCE?) , autonomia da bateria e configurações, pois pretendo rodar alguns videos e apresentações em power point. Um outro problema – talvez o maior – é que o meu orçamento está curto e o preço, com certeza, vai pesar na decisão.
    Um abraço.

  17. Aline disse:

    Poderia me mandar este arquivo Segredos dos Notebooks.pdf
    obrigada

  18. Caro Netto,

    não! Só faz curso nos fabricantes os técnicos da autorizada e quando voltam, pedem demissão, montam a sua própria assistência técnica e racham de ganhar dinheiro.

    É uma forma de construir esse conhecimento.

    bração,

    Quemel

  19. José Netto disse:

    É possível fazer cursos de manutenção diretamente com a fábrica, levando em consideração seu comentário sobre a Quanta?

    É necessário tentar um emprego em uma “autorizada”?

    Agradeço por mais esta.

  20. Caro Alexander,

    quando um produto apresenta defeito, você procura qual das duas oficinas? Se você ainda não sabe a diferença é bom ficar atento porque uma tem os serviços garantidos e reconhecidos pelo fabricante, a outra não.

    De acordo com Márcia Christina Oliveira, técnica de defesa do consumidor do Procon-SP, é fundamental saber a diferença entre uma autorizada e uma especializada. “A autorizada (que também é conhecida como credenciada) é ligada ao fabricante e por isso fica obrigada a utilizar somente peças originais.

    Já a especializada pode ter um excelente serviço, mas não tem a obrigação de utilizar as peças de fábrica.” Ou seja, as oficinas especializadas são empresas com experiência em determinada tipo de conserto, não possuindo vínculo com os fabricantes.

    Para o consumidor, que costuma ser leigo nesses assuntos e não consegue distinguir uma peça original de fábrica de uma similar, não é difícil ser passado para trás. “Além de utilizar peças originais, a autorizada dá garantia da marca e caso haja problemas decorrentes do conserto, o consumidor pode exigir que o serviço seja refeito. Algumas especializadas dão a sua própria garantia, mas outras não.”

    Outro benefício que a autorizada tem é a linha direta de comunicação com o fabricante. “Quando precisam de peça elas recebem mais rápido que as lojas comuns. Geralmente, elas também costumam ter muitas peças em estoque.”

    Ademais, as autorizadas recebem treinamentos técnicos constantes e, no caso de encontrarem dificuldades em reparar o produto, contam com a ajuda de uma equipe de técnicos especializados que lhes prestam suporte.

  21. Alexander Magno Fanni disse:

    Olá Quemel,
    me desculpe, mas não entendi o ponto citado:
    esssa garantia é feita em assistência técnica autorizada ou ( especializada )?

    a autorizada tudo bem, mas não entendi o especializada ?
    poderia me esclarecer ?

    desde já agradeço,

    Alexander

  22. Caro Tiones,

    estarei sempre à sua disposição neste espaço público e aberto a todos que queiram se informar sobre o mercado de trabalho em TIC.

    Você pode enviar suas dúvidas para esse espaço, pois o contato por e-mail ou msn descaracteriza o trabalho voluntário.

    Atendimento personalizado é considerado consultoria e costumo cobrar, como todo profissional, por ele.

    bração,

    Q.

  23. Tiones disse:

    Estive lento alguns dos teus post

    Muito interessando. Gostaria de posso manter contato com você via msn ou por email, tenho algumas dúvidas para retratar com você vendo que é muito informado na questão de mercado de trabalho e Informática

  24. Muitos consumidores tem se apegado somente a questão de preço. Tem que ser avaliado a questão da garantia nacional.

    Um exemplo é o projetor. Tem várias lojinhas de informática vendendo projetor a um preço abaixo do que o fabricante vende. Só que quando dá um defeito na lampada por exemplo, o cara não tem garantia no Brasil e tem que desembolsar uns R$ 800,00 pela lampada.

    No final era melhor ter comprado a com garantia nacional

    Eduardo Passos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *