Avalie seu poder de expressão e o bom senso, também

Caro(a) colega, salve!

Quando o “deus mercado” não tem mais nada para exigir dos candidatos bem preparados, ele convoca a imprensa e lança a nova ordem: “as habilidades verbais e escritas são diferencial na disputa por vaga no mercado de TI“. Trocando seis por meia-duzia, quer dizer que o candidato deve saber ler e escrever.

Precisa também saber fazer o “SWOT“, “ter visão holística”, se conectar no foco “carcaligráfico” ter habilidade “pipabaquígrafa” e finalmente, “fazer o shoshot”, dançar o shote, plantar bananeira ou algo assim.

E aí, aparecem uma meia duzia de espertalhões conhecidos como “RedRanters” (se escreve headhunter) para verbalizarem as mais mirabolantes dicas. É claro que há muita gente competente no setor, o que falta é bom senso

Dá próxima vez que você ler ou ouvir esse tipo de baboseira, não se angustie! Ao invés de tentar impressionar os recrutadores, ofereça a eles, não o fruto do seu conhecimento, mas a fruta, cuja árvore ele quer que você plante.

Aqui, ó!

Raios, raios duplos, raios triplos…

Bração e boa $orte,
Quemel

Esta entrada foi publicada em Carreiras Digitais & Cia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *