O quê você vai ser quando “crescer”?

Qual caminho seguir?

Caro leitor, cara leitora, salve!

Essa pergunta sempre me atormentou dos 17 ao 47 anos de idade. Primeiro porque esconde uma falácia: imaginar que alguém só pode ser alguma coisa quando virar adulto.

Ela poderia ser melhor formulada se fosse feita apenas de outra maneira e durante toda a vida.

O que você deseja “exer(s)er” quando crescer?

Seria menos uma dúvida a fazer pressão sobre os adolescentes, aqueles que estão na faixa dos 16 aos 22 anos. Ao completarem 17 anos e com o término do ensino médio são obrigados a responderem a maldita questão.

Não é fácil ter 17 anos. Pior que isso é não saber que direção seguir. Faço uma homenagem a minha mãe e ao meu pai que não se importavam se eu tivesse uma profissão, mas desejavam do fundo dos seus corações que eu fosse feliz. Fosse debaixo da ponte ou em um castelo.

Escolhi uma fortaleza no serviço público federal. 30 anos depois e por causa de sua compreensão, continuo sem uma profissão, mas sou um profissional feliz, bem de vida e, principalmente de bem com a vida. Mamãe, Papai, valeu!

Bração e boa $orte,
Quemel

Esta entrada foi publicada em Carreiras Digitais & Cia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.