Causas das falhas ou erros profissionais em CDINFO

No exercício profissional da Consultoria Doméstica em Informática (CDINFO), podemos ter causas de falhas ou erros profissionais:

NEGLIGÊNCIA: quando o consultor doméstico em informática deixa de fazer o que deve. É o caso da cópia de segurança, vulgo backup. Formatar uma máquina sem ter absoluta certeza que o cliente tem pelo menos três cópias guardadas em segurança é crime para os profissionais CDINFO.

IMPRUDÊNCIA: quando o consultor doméstico em informática faz o que não deveria ser feito. É o caso de movimentar o desktop do cliente com ele ligado. O disco rígido pode sofrer falências múltiplas.

IMPERÍCIA: quando o consultor doméstico em informática não toma os cuidados necessários. É o caso de dar manutenção na placa-mãe sem usar a pulseira anti-estática. Qualquer descuido e adeus a mãe de todas as placas.

Diante do exposto acima, reflita, comente, opine, enfim, tome uma posição sobre o assunto.

Esta entrada foi publicada em Doutor Computador. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas para Causas das falhas ou erros profissionais em CDINFO

  1. Wallace Kennar disse:

    concordo… com a Luana
    alguns profissionais não agregam valor necessário ao conhecimento modicado todos os dias a evolução… muitos… ficam estagnados e não se preocupam a se autoatulizar-se como um sistema dinâmico. Tais fragmentações definem o diferencial dos técnicos e Técnicos na área da Informática.
    abraço

  2. ClaudioTecnico disse:

    Olá a todos.
    Concordo em parte com os colegas, mas infelizmente informática é cheia de surpresas, se fosse uma constante seria maravilhoso.
    Recentemente ocorreu comigo um problema com uma cliente que recebeu a visita de um sobrinho de 3 anos, bem pentelho por sinal, e o garoto ficou insisitentemente pedindo para “jogar” no notebook.
    Resumo da estória, quando o pestinha ouviu não como resposta tratou de despejar o copo de refrigerante (que estava bebendo) em cima do teclado do laptop.
    Felizmente eu já havia orientado essa cliente para manter os backups em dia e estava tudo OK, mas se fosse em outra situação talvez poderiam ocorrer conseqüências mais graves.
    Cheguei até a reparar o laptop, que ficou funcionando precariamente porque alguns circuitos do regulador de tensão foram danificados.
    Até pedi para que a cliente trocasse por outro, mas sempre tem essas pessoas que tem apego sentimental com seus aparelhos eletrônicos.
    Além desse problema citado, costumam acontecer problemas causados por animais também, ou funcionários da “limpeza”, que derrubam a torre do computador no chão e mandam o HD do cliente para o espaço.
    Pior é ver todo o seu árduo trabalho ir para o ralo junto com o HD…:(
    Abraços,

    Claudio

  3. Henrique Piccolo disse:

    O que você falou está correto, porém a linha que liga esses defeitos é tão tênue que fica difícil na prática separar qual foi o erro.
    Um técnico apressado queima a placa mãe porque a fonte que ele ligou caiu no chão e está com o controle de corrente de saída danificado.
    O único jeito de saber se ele foi imperito, imprudente ou negligente ele respondendo à ele mesmo se ele sabia se a fonte poderia apresentar tal defeito, se ele pensou que a chance de tal fato ocorrer era pequena porque a chance era boa, ou se ele até testou a fonte, mas achou que a placa mãe iria aguentar.
    A imperícia é simples de ser corrigida, basta fazer uma boa auto crítica e suprir o conhecimento que lhe falta.
    Imprudência e negligência já tem outras causas, preguiça, pressa entre tantas, e essas sim são as grandes vilãs, quais devem ser corrigidas o quanto antes.

    Até mais

  4. Luana disse:

    Antes de qualquer coisa, estou cada vez mais admirada com a metodologia da CDINFO e certamente tenho aprendido muito com ela.

    Bem, na minha opinião, os erros ou falhas estão associados muitas vezes à acomodação do profissional, que ao ter de lidar com o mesmo problema várias vezes com vários clientes, acaba dando espaço ao descuido e à falta de importância com o que é do outro. O duro é que alguns clientes, por falta de conhecimento, acaba jurando que todas as soluções apresentadas e executadas pelo “profiÇional” são incontestáveis.

    Enquanto os técnicos da esquina encontram na formatação a solução para todo e qualquer problema e trocam peças de hardware em cima de uma bancada de vidro improvisada, pelo que li sobre a CDINFO, o diferencial do consultor doméstico em informática está no cuidado com os detalhes, buscando primordialmente a satisfação do cliente e a agregação de valor ao serviço prestado, sempre com muito profissionalismo.

    Caro Quemel, quando trabalhei em uma empresa aérea, tinha um quadro de incentivos na sala de supervisão e o maior deles dizia o seguinte: “Na aviação, somente a busca pela perfeição é aceitável”. Mas quando aplicamos isso em tudo o que fazemos, por mais que não consigamos atingir a perfeição, faremos o melhor que podemos, sempre. Esse pensamento tem me dado resultados positivos em vários trabalhos que faço.

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *