[Livro] Cântico da Juventude

cantico-juventude“Quantos são os complexos dilemas que se estabelecem na alma do jovem quando se lhe depara o momento da definição profissional?!

Quantas insônias são experimentadas pelo moço, frenteado pela necessidade de ganho material e as capacidades que, muitas vezes, ainda não constatou em si mesmo?!

No Panorama das reencarnações, comumente a questão profissional é daquelas que vêm ajustadas às necessidades do Espírito, na esfera dos planejamentos que foram estabelecidos no Mundo Invisível, antes do retorno à carne.

Assinalando a profissão como luz de eminente dever que precisará ser fielmente atendido, dirijimo-nos aos companheiros da faixa juvenil, a fim de lhes deixemos alguns pontos para meditação, de modo que não fiquem sem norte perante a escolha e ajustes profissionais.

No mundo, a profissão deverá cumprir uma dupla finalidade, imediatamente: atender ao labor do ser peça útil na estrutura social onde se encontre; e atender às necessidades do ganho da moeda, permitindo o crescimento da vida espiritual.

Basicamente, a profissão propõe que o indivíduo se coloque como operoso cooperadaor do Reino de Deus, implantando utilidades e avanços sobre a Terra, fazendo-a gloriosa estância de progresso e ascensão do ser imortal”.

==========================================================

Comentário do QUEMEL: Li essa mensagem em 1990 quando ainda não me decidira por qual profissão escolher. Após a leitura, veio a certeza: seria servidor público. A mensagem do espírito Ivan de Albuquerque, na psicografia de Raul Teixeira me dera a certeza que pelo menos estava a caminho. Quando vejo jovens de apenas 13 anos me questionando qual profissão paga mais: Ciência da Computação ou Engenharia de Software, lembro-me dessa mensagem contido no livro Cântico da Juventude.

Esta entrada foi publicada em Leituras & Cia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *