Plano de saúde do Doutor Computador®

Desde o ano de 2002 que auxilio na profissionalização de técnicos em manutenção com o Curso de Formação de Consultores Domésticos em Informática. Passaram pelo curso cerca de mil profissionais. Bem poucos conseguiram assimilar a nova idéia: superarem o velho modelo de escovadores de bytes para o nascimento de um novo profissional consultor.

Foi uma guerra, principalmente quando chegava a hora de estabelecer o valor dos honorários: “[…] muito caro“, achavam os alunos. Teve até candidato que sugeriu o preço social: cobrar de acordo com o bolso do cliente, sem se importar com a qualidade. Se o usuário tivesse um Fiat Uno seria $10, mas se o veículo fosse uma BMW, então seria $1000. Nunca li coisa mais estúpida.

Tinha técnico que usava o preço ideológico: “você só atende classe A e B?”. Enfim, a maioria não conseguia entender a proposta de se buscar a auto-valorização, a excelência de serviços e a ética acima de tudo.

Sempre afirmaram que SERIA IMPOSSÍVEL vender planos de saúde para computadores variando entre R$ 20 e R$ 40 mensais. Sempre foram excelentes profissionais do ponto de vista técnico, mas péssimos empreendedores.

Até aparecer a TecTotal e unir o útil ao agradável: classes C e D, mão de obra barata e planos de saúde a R$ 15. Será o fim dos “sobrinhos” na manutenção de computadores?

Em 1990 criei o Plano de Saúde do Doutor Computador. Estudei os contratos de todos os planos de saúde e posso afirmar: as clausulas contratuais parecem ser feitas por salafrários com conhecimento jurídico, igual a indústria de seguros: você paga, mas quando precisa as operadores fazem de tudo para não socorrê-los em suas necessidades.

No link abaixo, um modelo de plano de saúde para computadores e propaganda de um dos “hospitais de computadores” existente. Técnico crie um excelente plano de saúde para o seu usuário, com justiça e respeito! [Plano de Saúde para computador – modelo]

Esta entrada foi publicada em Doutor Computador. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

16 respostas para Plano de saúde do Doutor Computador®

  1. Daniel disse:

    Quemel, seu blog é muito interessante e eu acompanho já algum tempo, e parabéns pela ótima iniciativa (pioneira) em abrir os olhos dos técnicos, com certeza suas lições e visão já ajudou muita gente a sair do buraco (inclusive eu), no quesito formação de preços, valorização da mão de obra e atender bem o cliente. Hoje, prefiro atender clientes mais selecionados do que ficar “dando tiro no escuro” concorrendo com técnicos “meia boca” que qualquer “50 real” faz ele realizar qualquer coisa. Hoje para mim, tempo é dinheiro, e se o cliente não valoriza o meu serviço e minha estrutura, ele não é o cliente certo para mim, que vá para o “técnico meia boca”. Agradeço por dar tantas dicas valiosas.

    Hoje atendo alguns clientes de pequeno porte e até de médio porte, e fiquei tentando “estudar” a sistemática de fazer este “plano de saúde para computador”. Ouvi muito isso no passado, até empresas que trabalharam com isso, mas esta modalidade desapareceu do mercado (pelo menos não vejo mais com a evidência de alguns anos atrás). Será que ainda é viável esta idéia? Andei lendo o contrato em PDF que você disponibiliza, procuro um auxílio, com você que tem uma experiência incomensurável para opinar a respeito.

    Abraço!

  2. Bom dia

    Cara concordo contigo plenamente em cobrar caro por um serviço de qualidade, trabalho basicamente com web designer e este é seguimento que realmente existe uma “prostituição” eu no inicio ate cobrava barato e passava 20 h por dia trabalhando e no final o cliente ainda achava eu tava saindo caro, eu moro no interior do RS, mas hoje em dia cobro o mesmo preço que uma agencia da capital, e sempre tenho clientes que buscam meu trabalho pela qualidade e não se importam de pagar caro, mas enquanto existir “profissionais”(na verdade nem da para chamar este tipo de pessoa de profissionais) que simplesmente não se valorizam e nem valorizam o mercado como um todos, vai ser assim. Espero que mais gente saiba dos teus ensinamentos e que realmente coloquem em pratica, eu conheci teu blog hoje e estarei direcionando a outros “profissionais” para verem que quando falo que tem que cobrar caro não sou loco e sim realista.
    Abraço e boa sorte.

  3. Marcio Henrique disse:

    Olá Quemel seu blog é fantático. Já está nos meus favoritos. Pode me enviar o modelo para meu e-mail: win45@aol.com

  4. Caro Misael, salve!

    Vou enviar um modelo para o seu e-mail.

    Bração e boa $orte,
    Quemel

  5. Microtech- Consultoria em Informática disse:

    Olá Amigo Quemel Tudoo Joia?:?
    |Bom gosto muito do seu blog e de suas postagens, muito criativa e tem cada conteudo um melhor que o outro, valeu ai por te um espaço na internet que ajuda muitas pessoas que precisam assim como eu também né. rsrs

    Amigo Quemel e amigos que postaram ai, é o seguinte eu estou começando com a idéia de adotar esse metodo de Plano de Saude para Computadores de Clientes mas estou a procura de um contrato para firmar acordo entre partes sobre o serviço só que pesquisei e não encontrei, ai queria se alguem um modelo que ja tenha feito por gentileza me envie por email pois preciso de começar a fazer o meu. ok

    meu email: misael.silva07@gmail.com
    Muito Grato

  6. Isaac Lopes disse:

    E eu, inocente aqui achando que eu estava no ápice de minha criatividade ao divulgar o conceito “plano de saúde para computador” entre meus clientes ^^

    Ah, Denilson, vc acha mesmo que o cliente vai fidelizar com vc se vc prometer apenas 03 visitas ANUAIS?

  7. Eduardo Silva disse:

    Valeu Galera To Começando Agora Minha Empresa de Assistência Em Belem Para
    ctsbelem@hotmail.com

  8. Caro Giles, salve!

    é um modelo padrão de prestação de serviços que deve ser ajustado e adequado as suas necessidades.

    Uma dica seria incluir visitas trimestrais programadas com manutenção preventiva e preditiva, deixando as manutenções corretivas como emergenciais.

    Ao participar da 9ª Oficina CDINFO, vc receberá ao final uma cópia desse contrato padrão.

    Como não se trata de uma receita de bolo, não adianta apenas baixar o modelo. Você deve entendê-lo e relacioná-lo com as outras atividades: defesa do consumidor, marketing pessoal e economia de serviços.

    Bração e boa $orte,
    Quemel

  9. Giles disse:

    Tenho dúvidas em relação ao contrato de prestação desse serviço aos clientes, você teria algum modelo de contrato para o plano de saúde?
    agradeço antecipadamente.

  10. Pingback: Plano de saúde para computadores « SUPORTE TÉCNICO

  11. Tiago Spy disse:

    Ola Quemel, conheci o Blog hoje e já consegui obter muita informação útil, achei ineressante a matéria da Tec Total, tenho uma empresa de assistência técnica em minha cidade e estou implementando o plano de saúde, tenho umas dúvidas em relação ao contrato de prestação desse serviço aos clientes, você teria algum modelo de contrato para o plano de saúde?
    agradeço antecipadamente e o parabenizo pelo excelente blog.
    att,
    Tiago.

  12. Denilson Marcos disse:

    Quer ver ? Calcula comigo.

    Atendendo 4 micros por dia, 5 vezes por semana, chegamos a um total de 80 micro por mês. Formamos um grupo que é atendido em Janeiro, Maio e Setembro. Um outro grupo de 80 micros é atendido em Fevereiro, Junho e Outubro. Um terceiro grupo (também de 80 micros) é atendido em Março, Julho e Novembro. Para finalizar, um quarto grupo de 80 micros é atendido em Abril, Agosto e Dezembro. Formamos 4 grupos, totalizando 320 micros, esse é o máximo que considero possível para apenas 1 técnico. Cada micro gera uma receita de R$ 180,00 anuais (12x R$ 15,00), para chegarmos a receita de R$ 4.800,00 mensais, basta dividir por 12 o valor da multiplicação 320 micros x R$ 180,00.

    Ah, e não conta pra ninguém não, mas a TecTotal terceiriza alguns serviços, eu mesmo já os socorri em Belo Horizonte.

  13. ClaudioTecnico disse:

    Caro Quemel,

    Baixei todo o material do seu blog e estou analisando cuidadosamente.
    Semana que vem (dia 24) terminarei o curso aprendendo a empreender do Sebrae, de muito boa qualidade por sinal, e ainda tenho tantos outros para fazer tanto esse mês quanto mês que vem.
    Minha maior dificuldade se encontra na maneira de abortar os clientes para realizar a pesquisa de satisfação sobre o que os mesmos esperam do profissional em informática qualificado para resolver seus problemas, além de suas reais necessidades.
    Aguardo alguma orientação, pois essa pesquisa será de vital importância para dar o pontapé inicial rumo ao topo.
    Um cordial abraço, e como sempre meus parabéns.

    Claudio Roberto Elias Boaventura (seu amigo servidor público….hehe)

  14. Caro Denilson,

    será isso mesmo? Então não deixa os técnicos que trabalham para a TecTotal saber disso.

    R$ 1.300 para R$ 4.800 é uma diferença grande!

  15. Denilson Marcos disse:

    Olá Quemel,

    Pelas minhas contas, é possível que um técnico em informática ganhe R$ 4.800,00 mensais com planos de manutenção de micros, cobrando R$ 15,00 por micro. Isso considerando ser possível atender 4 micros por dia, trabalhando 5 dias por semana e 20 dias no mês. Esse plano de R$ 15,00 prevê até 3 atendimentos anuais para cada cliente. Para chegar nesse valor (R$ 4.800,00) mensal, basta multiplicar a quantidade de micros que podem ser atendidos por ano, no caso 320, multiplicar por 180 (valor pago mensalmente, 12x R$ 15,00) e dividir por 12.

  16. ClaudioTecnico disse:

    Caro Quemel,

    Realmente, lidar com pessoas não é nada fácil, principalmente quando envolve dinheiro.
    A maioria pensa que qualquer “dérreal” está muito bem pago pelo trabalho, sem contar aqueles que fuçam no computador o tempo todo e vive fazendo c*g*da, puts, esses são os piores.
    Parece que sentem um prazer mórbido em danificar o Windows ou os drivers do pc só para ficar atormentando a gente, a ainda acham que tudo se resolve com um passe de mágica e que você aprendeu tudo sozinho, sem nenhum esforço (de repente veio aquela “inspiração divina” com a solução do problema, sem que você tenha comprado nenhuma revista ou livro de hardware para estudar o problema).
    Realmente minha maior dificuldade está em administrar estes clientes-problema, pois além de não valorizarem o trabalho duro que damos para colocar o computador deles funcionando 100% eles ainda acham que podem se dar ao luxo de causar problemas no computador à vontade e que estaremos à disposição 24hs, e de graça, para solucionar o problema deles.
    Eu já fiz os cursos de consultoria do Sebrae (Controles financeiros e Formação de preço de venda) e minha visão está mudando em relação à esses clientes-problema.
    Percebi que eles serão problema para qualquer empresa de informática que se disponham a atendê-lo, e certamente nenhuma empresa se prestará a atendê-los com freqüência (provavelmente serão dois ou três atendimentos, depois nunca mais).
    Analisando a situação por outro ângulo, percebi que este é um mercado em que poderei me dar bem, pois se eu conseguir resolver os problemas “impossíveis” deles com certeza serei bem falado aos quatro ventos por esses clientes.
    Quando surge um grande problema precisamos procurar um grande solução.
    Um cordial abraço,

    Claudio Roberto Elias Boaventura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.