[O Crepúsculo do Dragão] Jorge Arthur Mohammed

manoJAM é Jorge Arthur Mohammed o alter ego de Luiz Henrique Quemel.

Alter ego é uma locução substantiva com origem no latim “alter” (outro) e “ego” (eu) cujo significado literal é “o outro eu”.

A expressão alter ego é uma outra personalidade de uma mesma pessoa podendo ser um amigo ou alguém próximo em que se deposita total confiança.

Na Literatura, o alter ego significa a identidade oculta de uma personagem, que pode ser também uma estratégia usada pelo autor do livro para se revelar indiretamente aos leitores.

Na literatura brasileira, a personagem Emília, do Sítio do Picapau Amarelo, é considerada por alguns críticos como o alter ego do escritor Monteiro Lobato.

Na Psicologia, o alter ego é uma segunda personalidade de alguém, um outro eu inconsciente que se revela através de múltiplas identidades. Está associado à patologia “Transtorno Dissociativo de Identidade “.

O alter ego de alguém também pode ser uma pessoa muito próxima e íntima em quem se confia demasiadamente. É aquela pessoa que transmite a impressão de que teria atitudes semelhantes em diversas situações.

In “O Crepúsculo do Dragão”, romance de ficção histórica de Luiz Henrique Quemel.

Esta entrada foi publicada em O Crepúsculo do Dragão. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.