Caminhos para as certificações

A fim de orientar os futuros profissionais que desejarem obter certificados, segue uma pequena contribuição.

Em nossos processos de aprendizagem, o conhecimento dar-se-á por meio de interpretações do mundo virtual (construções que não representam a realidade, mas têm como função aproximá-las), isto é, processos abstratos (e filosóficos) de construção do saber.

Você precisará de um tempo necessário entre a leitura de novos conceitos até a incorporação destes em seu modo prático e real, por isso nosso cérebro não é uma “caixa” onde em 6 meses você pode abrí-la e despejar informação esperando que um pouco fique grudada e começe a funcionar.

Um ciclo interessante para se percorrer até chegar às certificações é conhecido como Ciclo Docente, e têm algums princípios nas teorias das necessidades de Abraham Maslow:

– Fase II (Inconsciente Incompetente) – É como você se sentirá no primeiro dia de curso e sem parâmetros nenhum de avaliação entre a teoria e a sua prática, seja ela qual for (inclusive de vida). Você não sabe o quanto você não sabe. Nem você mesmo consegue medir o tamanho de sua ignorância sobre o assunto. É a fase da inconsciência.

– Fase CI (Consciente Incompetente) – É como você se sentirá quando toda as informações forem despejadas em sua prática e provocar muita confusão, sendo esse o momento ideal para o início do aprendizado de fato. Você já reconhece o quanto não sabe e começará a envidar esforços para superar essa deficiência. Nessa fase pelo menos você já sabe o tamanho de sua ignorância sobre os assuntos e quanto precisa aprender. É a fase da ignorância.

– Fase CC (Consciente Competente) – É quando você basedo na teoria que recebe, aplicar na prática os conceitos apresentados, não como simulações, mas como interpretações da realidade já (re) e (des)construída. É o campo onde você já transita com desenvoltura e fazer a prova de certificação é uma questão de pura vaidade, pois não será um pedaço de papel que irá reconhecer toda sua competência. Agora você já sabe o quanto sabe. É o momento onde sua capacidade de construir conhecimento está no ápice. É a fase do conhecimento.

– Fase IC (Inconsciente Competente) – Você sabe tanto que nem mesmo você sabe o quanto sabe. Executa seu trabalho com tamanha facilidade que o faz na maioria das vezes de forma mecânica. Esse é o momento ideal para fazer a prova de certificação, pois o que será apresentado diante de você será semelhante ao aprendizado da operação básica da matemática: 1 + 1 = 2. É a fase da sabedoria.

Esta entrada foi publicada em Carreiras Digitais & Cia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *