Tolerância a falhas no processador de textos

Quando cursei Serviço Social na UnB, praticamente banquei o curso socorrendo alunos da pós-graduação e professores no meio da madrugada por causa de arquivos apagados e sem cópia de segurança, vulgo backup.

Todos os semestres, estudantes perdiam seus “ativos digitais” quando utilizavam os laboratórios de informática nas universidades sem a devida cautela. Alguns trabalhavam DIRETO no pen drive, prática não recomendada. O dispositivo é para transporte de dados e pode ser usado para armazenar cópia de segurança.

Desde 2005 que não perco arquivos para as panes da dupla tecnologicamente intoxicada “Ruindows & Ruwords“.

O segredo? Nenhum! Basta modificar a forma como os arquivos do processador de textos são gravados. Caso um repique de energia ou até mesmo uma falha da máquina ocorra, uma cópia do seu arquivo com extensão .WBK é imediatamente gravada.

Na disciplina de Redação Jornalística II cursada na Universidade Católica de Brasília, a colega perdeu toda sua matéria que momentos antes havia sido revisada pela professora Rafisa Varão: usava um processador de textos online, desses tipo “di-grátis”. Na hora de salvar, apertou o botão errado. E lá se foram 90 minutos desperdiçados. A propósto, você já fez backup hoje? Confira o mini-tutorial em PDF no link. [Baixe aqui]

Esta entrada foi publicada em Doutor Computador. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas para Tolerância a falhas no processador de textos

  1. werbert guttierrez disse:

    Excelente algo muito simples que só faz a diferença quando acontece um “desastre” até mais e um grande abraço.

  2. Sebastião Guimarães disse:

    Luiz tu és um bandido. Essa dica é tão obvia que ninguém faz isso antes de usar o Word.

    Depois dela, parei de perder meus arquivos….

    Valeu seu safado…

    Guiga

  3. Leonardo Leão disse:

    Salve Quemel!
    Que dica simples, mas muito importante. Digo que sou abençoado porque nunca perdi um arquivo que julgo importante, lendo sua dica acabo de me recordar que estou em meio a um grande trabalho escolar e que ainda não tenho um Backup dele. Vou agora mesmo fazer um.

    Sempre estou atentos as suas dicas e textos, são sempre interessantes. Parabéns pelo sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *