[Livro] Famílias, Amo Vocês

familias_amo_voces “O século XX agiu como um ácido. Assim como as monumentais estátuas de ditadores foram derrubadas, valores tradicionais sofreram abalos em seus alicerces. Assim como as artes passaram por uma transformação profunda, os princípios da igualdade, liberdade e fraternidade foram também desconstruídos.

Devem-se reconstruir esses valores e idéias? Com base em quê?

A convicção que sustenta ‘Famílias, eu amo vocês’ é a de que a resposta a essas perguntas se encontra no âmbito da vida privada. Isso não significa um recuo individualista nem uma renúncia às coisas do mundo. Representa, pelo contrário, uma extraordinária possibilidade de ampliação do horizonte – a verdade de um humanismo que, enfim, alcançou a maturidade.

================================================================
Comentário do QUEMEL: Um livro fascinante. Nele, o filósofo defende a idéia de que a família é a única coisa que resta de sagrado no mundo. “No ocidente, não se aceita mais morrer por um deus, uma pátria ou uma revolução. Mas não conheço um pai que não arriscaria a vida pela prole”, diz Luc Ferry. [Análise da obra.]

Esta entrada foi publicada em Leituras & Cia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.