Graças a Deus!

“Se alguém te destaca os erros de ontem, manifestando desapreço para com o teu esforço de hoje, na construção do bem, não pares de agir e servir, ante a incompreensão alheia.

É verdade que, perante Jesus, ainda não somos o que nos cabe ser e muito menos o que desejaríamos ser; estamos longe de ser aquilo que os nossos princípios solicitam que sejamos e nem conseguimos ainda ser aquilo que os outros esperam de nós…

…entretanto, Graças a Deus, já não somos o que fomos e nem perdemos o nosso privilégio de trabalhar”.

Graças a Deus, in: Pronto Socorro, pelo Espírito Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier – Editora Cultura Espírita União.

Esta entrada foi publicada em Escovando bytes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *